Palermo não deposita dinheiro de Cassini e Timão cobra

Palermo não deposita dinheiro de Cassini e Timão cobra

Por Meu Timão

10 mil visualizações 135 comentários Comunicar erro

Sem pagamento do Palermo, Cassini segue com contrato com o Timão

Sem pagamento do Palermo, Cassini segue com contrato com o Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O Corinthians esperava receber nessa quarta-feira o dinheiro da venda de Matheus Cassini. O combinado era que o Palermo, da Itália, depositaria o valor de cerca de R$ 5 milhões no dia 1º de julho e, só assim, o Timão liberaria o meia.

Porém, isso não aconteceu. A diretoria do Corinthians aguardava ansiosamente o valor de R$ 3,5 milhões da parte que seria destinada aos cofres alvinegros. Segundo o portal LANCENET!, após troca de mensagens, o Palermo disse que faltam alguns detalhes burocráticos, mas garantiu que tudo deve ser resolvido nos próximos dias.

Por enquanto, Matheus Cassini segue no Brasil e pertecendo ao Corinthians. A venda foi concretizada no dia 26 de maio. A diretoria, desde o início, disse que só assinaria a rescisão do meia após a entrada do dinheiro na conta.

O time italiano, inicialmente, gostaria de ter pago pelo jogador de maneira parcelada. O Corinthians bateu o pé e o Palermo aceitou fazer o negócio à vista. Matheus Cassini já viajou à Itália e realizou exames médicos. Na época da negociação, a venda de Cassini gerou bastante polêmica entre os torcedores. A grande maioria via no meia uma das grandes promessas após boas atuações nos campeonatos de base. Por isso, o valor abaixo do esperado revoltou a torcida alvinegra.

Veja Mais:

  • Duelo ganhou ares dramáticos com prorrogação, mas terminou em alívio e comemoração dos corinthianos

    Em jogo dramático, pivô faz três, Corinthians segura empate na prorrogação e vai às quartas da LNF

    ver detalhes
  • Roger marcou o gol da virada do Corinthians, que ainda levou empate do Vitória nos acréscimos

    Veja sobe e desce do Corinthians na classificação ao término da 30ª rodada do Brasileirão

    ver detalhes
  • Atacante Matheus Mello, de 16 anos, foi destaque na disputa da Taça BH desta temporada

    Corinthians contrata atacante de 16 anos com multa rescisória de mais de R$ 80 milhões

    ver detalhes
  • Empresário de Pedrinho fez acusações contra Neto em vídeo nesta segunda-feira

    Empresário de Pedrinho acusa Neto de assédio e xinga ex-meia em vídeo: 'Gordo ridículo'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes