No Palermo, Cassini mostra 'ressentimento' por pouca oportunidade no Timão

No Palermo, Cassini mostra 'ressentimento' por pouca oportunidade no Timão

Por Meu Timão

3.6 mil visualizações 90 comentários Comunicar erro

No Corinthians, Cassini não fez nenhuma partida como profissional

No Corinthians, Cassini não fez nenhuma partida como profissional

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Matheus Cassini era considerado uma das grandes promessas do Corinthians. Fez boas atuações em todos os campeonatos que disputou e foi promovido ao elenco profissional do Timão neste ano. No entanto, foi vendido ao Palermo, da Itália, sem entrar em nenhuma partida oficial.

Apresentado em seu novo clube, o meia foi questionado do porque não entrou em nenhum jogo do Timão. Em sua resposta, Cassini demonstrou que guarda uma certa mágoa em relação ao técnico Tite que não deu chances ao atleta.

"Isso você deve perguntar ao treinador do Corinthians. Eu não sei. O treinador deve ter tido suas razões. Eu sempre trabalhei duro", lamentou Cassini, em entrevista ao portal italiano "Repubblica Palermo".

O técnico Tite só deu uma "quase" chance ao meia. Cassini foi relacionado para a partida contra o Fluminense, no Brasileirão deste ano, logo que as conversas com o Palermo começaram. Mas só ficou no banco de reservas.

Cassini também explicou o apelido que recebeu da mídia italiana. Ao ser apresentado, muitos jornais o chamaram de Guerrerinho. "Aqui (no Brasil) é chamado de guerreiro quem tem caráter e joga no campo com confiança. Guerrerinho é um jovem guerreiro", explicou.

Veja Mais:

  • Avelar tende a receber nova chance como titular do Corinthians na capital paranaense

    Carlos joga 45 minutos pela Seleção Sub-20, e Corinthians deve ter Avelar contra Atlético-PR

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes