Com direito à 'rescisão de contrato', Fagner revela 'trairagem' em retorno ao Timão

Com direito à 'rescisão de contrato', Fagner revela 'trairagem' em retorno ao Timão

Por Meu Timão

Em tom de brincadeira, Fagner (à direita) relembrou um episódio na 'concentração' do Corinthians.

Em tom de brincadeira, Fagner (à direita) relembrou um episódio na 'concentração' do Corinthians.

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Revelado na base do Corinthians, Fagner iniciou sua trajetória no Velho Continente pelo PSV Eindhoven (HOL). Após passar por Vasco e Wolfsburg (ALE), o lateral direito acertou seu retorno ao Parque São Jorge no início de 2014. Justamente nessa época, foi protagonista de uma brincadeira entre os companheiros de clube dentro da "concentração".

"No ano passado, quando cheguei ao clube, havia dois times de rachão. Fui para o time de colete e o Jadson estava no outro time. Aí estou eu no quarto, durante a noite, os caras batem na minha porta. Eles (jogadores) colocaram um edredom, como se fosse banner no time, começaram a cantar e gritar querendo o Jadson no meu lugar. Aí acabei indo para o time sem colete", contou Fagner, aos risos, em entrevista à ESPN.

"No primeiro rachão, fiz gol. Falei: ‘Tá vendo?’, com o Jadson mal no outro time. O Uendel é meu companheiro de quarto, mas é mais traíra que companheiro. Os caras com papelzinho de contrato assinado e tudo, apresentação, pegaram o Jadson no colo... Ainda bem rescindiram meu contrato”, brincou com o lateral direito.

Neste sábado, o Corinthians acertará os últimos detalhes antes do duelo do próximo domingo contra o Flamengo, às 16h, no Maracanã. Titular indiscutível com Tite, Fagner está à disposição e está confirmado para o confronto, que não contará com a presença de Emerson Sheik e Paolo Guerrero, reforços da equipe carioca.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes