Depois de quase dois anos, Corinthians e Vasco voltam a se enfrentar

Depois de quase dois anos, Corinthians e Vasco voltam a se enfrentar

Por Meu Timão

O último confronto entre Timão e Vasco foi em 2013

O último confronto entre Timão e Vasco foi em 2013

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Após quase dois anos, na noite desta quarta-feira, o Timão recebe o Vasco na Arena Corinthians para a disputa válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. A última vez que as duas equipes se enfrentaram foi no Pacaembu, em 17 de novembro de 2013, no empate sem gols, também pelo Brasileirão.

O intervalo entre os duelos é grande devido ao rebaixamento do clube carioca ao final de 2013. Longe do Brasileiro de 2014, Corinthians e Vasco não se enfrentaram no último ano. Na Copa do Brasil do mesmo ano, também não houve confronto direto.

No retrospecto geral, desde 1926, os dois clubes já se enfrentaram por 112 vezes, e o Timão leva a melhor, com 44 vitórias, 33 empates e 35 derrotas. A informação é do aplicativo Almanaque do Timão.

Para a partida desta quarta-feira, o Vasco já não conta com seu goleiro titular, o uruguaio Martín Silva. Enquanto o Corinthians marca presença no G-4, ocupando a segunda posição da classificação, com 30 pontos, o Vasco está no Z-4, na antepenúltima colocação, com apenas 12 pontos acumulados.

Veja Mais:

  • Jô, pivô de polêmica nesta semana, está confirmado ante os argentinos

    Em treino na Argentina, Carille 'dribla' falta de energia e ensaia Corinthians com três mudanças

    ver detalhes
  • Carille conduziu trabalho do Timão no estádio Presidente Perón

    Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga

    ver detalhes
  • Jô falou com a imprensa nesta terça-feira já na Argentina

    Jô admite toque no braço, nega trapaça e abre o jogo sobre polêmica no Corinthians

    ver detalhes
  • Apresentadora Renata Fan fez analogia infeliz com polêmica envolvendo Jô

    Renata Fan compara Jô a 'ladrão' e revolta torcida do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes