Vagner Love diz ser mais complicado jogar no Timão do que no Flamengo

Vagner Love diz ser mais complicado jogar no Timão do que no Flamengo

Por Meu Timão

Vagner Love tenta acabar com jejum de gols nesta quarta-feira

Vagner Love tenta acabar com jejum de gols nesta quarta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Enfrentando um jejum que já dura cinco jogos, o atacante Vágner Love tem nesta quarta-feira, diante do Vasco, uma nova oportunidade para balançar as redes. Longe de ser o camisa 9 dos sonhos do torcedor, Love assumiu que sabe que sua passagem pelo Timão não está sendo como esperada.

"Não, não está sendo, eu sei que posso melhorar. Muitos times que eu passei jogavam em minha função. No Corinthians é diferente, o Tite joga o coletivo, tanto que ele mesmo fala, às vezes você vai dar a pressão, mas a bola vai sobrar pro Malcom fazer o gol do outro lado. Hoje o Corinthians divide a responsabilidade dentro campo, a gente joga no coletivo. Não vai ser sempre o mesmo jogador que vai resolver", analisou o jogador em entrevista ao programa "Bola da Vez", do canal ESPN, nessa terça-feira.

Ainda sem conseguir agradar a Fiel, o camisa 9 analisou em qual clube é mais complicado jogar. Love também já atuou no Flamengo, que também é dono de uma das maiores torcidas do Brasil.

"Flamengo é um time que tem torcida muito grande também, mas a torcida tem pouca paciência. A torcida do Corinthians é mais paciente. Não digo que seja mais fácil. No Corinthians a pressão é maior, você tem que estar sempre bem. O Flamengo vem oscilando muito, o Corinthians está sempre chegando", finalizou.

Com Vágner Love entre os titulares, o Corinthians enfrenta o Vasco nesta quarta-feira, às 22h, na Arena em Itaquera, pela 16ª rodada. Com uma vitória e dependendo do resultado do Atlético-MG, o Timão pode assumir a liderança do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes