Ponte Preta recusa venda de jogo contra o Corinthians

Ponte Preta recusa venda de jogo contra o Corinthians

5.6 mil visualizações 56 comentários Comunicar erro

Corinthians enfrentou o Vitória, na Arena Pantanal, em 2014

Corinthians enfrentou o Vitória, na Arena Pantanal, em 2014

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians quase ganhou mais uma longa viagem no Campeonato Brasileiro. A Ponte Preta, adversário da 29ª rodada, recebeu uma proposta para levar a partida contra o Timão para a Arena Pantanal, em Cuiabá. No entanto, a diretoria campineira recusou e a partida seguirá em Campinas.

A Roni7, empresa do ex-atacante Roni, tentou comprar o mando de campo da Ponte Preta. Mas, o time campineiro não deixou apenas o lado financeiro ajudar na escolha e preferiu optar por agradar a sua torcida.

"A proposta de fato chegou, mas foi prontamente recusada. Era (uma proposta) muito boa por sinal, para o jogo com o Corinthians, mas falei na hora que a Ponte não tem mais interesse em vender jogo. Foi uma questão pontual contra o Palmeiras. Nosso interesse agora é único e exclusivo de jogar no Majestoso para contar com o apoio da torcida", contou Giovanni Dimarzio, vice-presidente do clube, em entrevista à Rádio Bandeirantes, de Campinas.

"Quando decidimos vender o mando, ficou combinado entre a diretoria que seria apenas um jogo. Tivemos as duas punições, foi um dinheiro importante, apesar do desgaste com o torcedor. Não houve arrependimento. Contra o Corinthians é diferente. Vai ser um jogo no returno, quando vamos estar precisando do resultado para vaga na Libertadores até, pois acredito que vamos reagir. A força da torcida é fundamental. O dinheiro seria fundamental para os cofres do clube, mas não vamos vender mais nenhum mando para priorizar o fator campo e também nosso sócio-torcedor", completou.

O Corinthians, aliás, é o recordistas em jogos na Arena Pantanal. Caso a Ponte aceitasse a venda, seria o quinto jogo do Timão no estádio do Mato Grosso. O clube já jogou tanto como mandante, como visitante no estádio, mas, mesmo com grande presença da torcida, não garantiu grandes lucros a Roni7, empresa que sempre leva os jogos para a Arena.

Veja Mais:

  • Avelar tende a receber nova chance como titular do Corinthians na capital paranaense

    Carlos joga 45 minutos pela Seleção Sub-20, e Corinthians deve ter Avelar contra Atlético-PR

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes