Diretoria alvinegra nega oferta inglesa por Pato

Diretoria alvinegra nega oferta inglesa por Pato

Por Meu Timão

6.2 mil visualizações 61 comentários Comunicar erro

Diretoria diz não ter proposta alguma por Alexandre Pato

Diretoria diz não ter proposta alguma por Alexandre Pato

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Parece que não foi dessa vez que o Corinthians se livrou de Alexandre Pato. A diretoria do Timão negou que tenha recebido uma proposta do Sunderland, da Inglaterra. A informação é do portal GloboEsporte.com.

A notícia, que foi publicada pelo jornal inglês "Mirror" na edição deste domingo, dizia que o clube teria feito uma proposta de 5 milhões de libras (R$ 26,7 milhões) pelo atacante.

Integrantes da diretoria do Timão negaram que tenham recebido essa, ou qualquer outra, proposta por Pato. Eles também afirmaram que não foram avisados sobre possíveis interessados pelo empresário do atleta, Gilmar Veloz. O atacante também estaria na mira de mais três clubes ingleses: o Everton, o West Ham e o Crystal Palace.

O atleta chegou ao Parque São Jorge em 2013, em uma das maiores transações da história alvinegra, por 15 milhões de euros (R$ 40 milhões na época e R$ 56,5 milhões atualmente). A diretoria aceita negociá-lo por cerca de 10 milhões de euros (R$ 34,6 milhões).

Veja Mais:

  • Matheus Matias soma três atuações pelo Corinthians: uma no Brasileiro e duas em amistosos

    Loss sugere que peso da camisa do Corinthians interfere no zelo com Matheus Matias

    ver detalhes
  • Em noite ruim, Timão pouco incomodou Grêmio e foi superado pelo placar mínimo

    Veja a posição do Corinthians ao fim do primeiro turno do Brasileirão-2018

    ver detalhes
  • Maxwell (à dir.) assinou com Corinthians por duas temporadas

    Corinthians acerta com meia ex-Santos para categoria Sub-20

    ver detalhes
  • Basquete do Corinthians chegou à terceira vitória em oito jogos no Estadual

    Corinthians embala no fim, bate São José e chega à terceira vitória no Paulista de Basquete

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes