Cria do 'Terrão', Fagner compara sua época com hoje em dia

Cria do 'Terrão', Fagner compara sua época com hoje em dia

Por Meu Timão

1.5 mil visualizações 20 comentários Comunicar erro

Formado no Terrão, Fagner é titular absoluto da lateral-direita

Formado no Terrão, Fagner é titular absoluto da lateral-direita

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Referência no Brasil, o Corinthians possui uma das melhores estruturas do país. A realidade, porém, nem sempre foi essa. Anteriormente, as promessas do Timão eram formadas no 'Terrão', assim como o lateral-direito Fagner. Segundo o jogador, os jovens corinthianos precisam valorizar aquilo que o Alvinegro oferece.

"Tem de dar muito valor. Às vezes, o menino vem da base muito paparicado. No Brasil é assim. Tem de dar valor para o que tem agora, não quando for para outro clube sem a estrutura do Corinthians. Tem de ouvir os experientes, não chegar achando que sabe tudo – alertou o jogador, em entrevista ao Lance!.

Extinto em 2008, o 'Terrão' deu lugar a um gramado sintético, onde treinam os juniores do clube. Em visita ao local, Fagner revela passar um filme em sua cabeça e se diz muito grato ao Corinthians.

"Eu fico muito feliz de estar vivendo um momento muito bom hoje. Vir aqui me traz muitas lembranças. Ver a casinha que eu me trocava, toda criançada brincando com tampinha de garrafa com a mão, fazendo golzinho... Passa um filme de toda a minha infância, de tudo que abri mão para viver o que estou vivendo hoje. Tenho enorme gratidão ao Corinthians, pelo que fizeram a mim como pessoa. Quando você leva a sério, você aprende muito mais do que jogar bola, aprende a ter obrigações, horários... Isso me fez crescer muito como homem", disse o lateral de 26 anos que comparou as categorias de base de hoje em dia com as de seu tempo.

"Antes, futebol não era tão negócio quanto é hoje. Digo em termos de empresários, todas essas coisas. Hoje em dia, um menino com 12 anos se destaca e já tem tudo. Na minha época, a gente vinha treinar como criança. Por mais que quisessem formar, eram crianças jogando, brincando. Treinar no Terrão, a bola pingando, dificuldade para dominar...", comentou Fagner.

Titular, ele não acreditava que conseguiria se tornar profissional. Além disso, o lateral revelou qual jogador mais olhava no Terrão.

"Jô (atacante) foi um que marcou bem. Quando é mais novo, você olha e fala 'Olha, é aquele que todo mundo fala'. Você nunca imagina que vai chegar lá. Eu jogava por prazer, por gostar, mas nunca achava que seria profissional", disse o jogador.

Utilizado desde 1980, o Terrão formou nomes conhecidos como o goleiro Ronaldo, Zé Elias, Gil, Sylvinho, Kleber, Edu Gaspar, Viola, Dinei e Willian, além de Jô e do próprio Fagner. Atualmente as apostas corinthianas estão em jogadores como Léo Jabá, Fabricio Oya e Matheus Pereira

Veja Mais:

  • Sem Danilo, Tite aposta em Fagner para surpreender Costa Rica nesta sexta

    Seleção Brasileira joga segunda rodada da Copa do Mundo com Fagner como novidade

    ver detalhes
  • Corinthians e São José disputam o título da Liga Ouro de 2018

    Em vantagem na série final, Corinthians visita São José valendo título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Em baixa na Alemanha, Jonathas volta à pauta do Corinthians, que busca empréstimo

    Corinthians volta a ter interesse no centroavante Jonathas

    ver detalhes
  • Gabriel e Guilherme conversaram com o Meu Timão no Parque São Jorge

    Mãe vira-casaca, sonho inglês e até 10 a 0 na Croácia: conheça os gêmeos do Sub-17 do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes