Com nova chance como titular, Edu Dracena revê amigo Durval nessa quarta

Com nova chance como titular, Edu Dracena revê amigo Durval nessa quarta

Por Meu Timão

Edu Dracena será titular diante do Sport

Edu Dracena será titular diante do Sport

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Substituto de Felipe, que cumpre suspensão automática, o zagueiro Edu Dracena terá diante do Sport, a chance de reencontrar um velho conhecido: Durval, com quem formou dupla defensiva no Santos até o início de 2014. Os defensores jogaram juntos por quatro anos e meio, acumulando conquistas e construindo uma amizade. Para o zagueiro corinthiano, o momento será especial.

"O respeito que eu tenho por ele é muito grande. Foram quase cinco anos jogando juntos e seis títulos pelo Santos. Fico feliz porque ele voltou para o Sport, onde ele sempre foi ídolo, e está jogando muito bem. Tenho um carinho e admiração muito grandes por ele. É um cara simples, você nem escuta a voz dele, mas tomara que nesse jogo eu possa ser mais feliz", disse Dracena, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Conhecido por sua seriedade dentro e fora dos gramados, Durval é um jogador tranquilo segundo o defensor do Timão, que acredita que será bom rever o amigo.

"É difícil arrancar uma risada dele, mas no dia a dia e nos bastidores é um cara bem tranquilo e que agrega muito ao grupo, ajuda os mais jovens e foi importante inclusive para mim. Ter jogado ao lado dele por tanto tempo foi um privilégio. Perdemos um pouquinho do contato quando ele voltou para o Recife, mas será muito bom revê-lo", comentou Edu Dracena, que ao lado de Durval conquistou três Campeonatos Paulista, uma Copa do Brasil, uma Libertadores e a Recopa Sul-Americana.

Na partida diante do Sport, Edu também terá a oportunidade de usar a camisa número 2, considerada por ele de sorte, já que com ela vieram suas principais conquistas. O zagueiro voltou a estampa-la no empate contra o São Paulo, por 1 a 1. Anteriormente, o número pertencia a Edílson, que preferiu a camisa 33.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes