‘Seria um crime empatar’, diz Tite sobre duelo contra Sport; Treinador defende Arana

4.5 mil visualizações 44 comentários

Por Meu Timão

Treinador do Timão aprovou o futebol praticado por sua equipe durante o triunfo sobre o Sport, em Itaquera

Treinador do Timão aprovou o futebol praticado por sua equipe durante o triunfo sobre o Sport, em Itaquera

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Tite aprovou o futebol apresentado pelo Corinthians na vitória por 4 a 3 sobre o Sport, dentro de casa, em duelo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva, o treinador do Timão afirmou que “seria um crime” caso o confronto terminasse empatado – após abrir uma vantagem de dois gols, o time pernambucano correu atrás do placar e chegou a igualar o marcador.

“O Luciano teve tudo para fazer o quarto gol e definir (no início do segundo tempo). Seria um crime empatar esse jogo por tudo o que a equipe jogou”, resumiu Tite durante a coletiva pós-jogo na sala de imprensa da Arena Corinthians.

O comandante corinthiano ainda falou sobre o lance de maior polêmica no embate – na segunda etapa, o lateral-esquerdo Guilherme Arana avançou à linha de fundo e cruzou para a área. A bola, no entanto, tocou no braço direito de Rithely, obrigando o árbitro Luiz Flávio de Oliveira a marcar pênalti.

“Eu não vi o lance. Tudo o que eu falar vai ser incoerente. Vou falar como falei do lance contra o São Paulo. Estou em uma idade em que me permito falar do que vejo. Não queria estar na pele da arbitragem. Tudo que fizesse seria questionado”, explicou – a escolha do trio de arbitragem vinculado à FPF (Federação Paulista de Futebol) gerou discussão pelo lado pernambucano.

Outro assunto tocado na entrevista de Tite foi a atuação do jovem Arana, que precisou entrar na partida ainda no intervalo no lugar de Uendel, machucado. O garoto, formado nas categorias de base do Parque São Jorge, errou um passe que resultou no segundo gol da equipe rubro-negra.

“Temos de dar tempo para o Arana entrar e produzir, mesmo tendo errado. Ele fez a jogada (do gol) em seguida. Não se omitiu. Futebol é esporte particular. Um erro, gol. Felizmente, a equipe teve maturidade, e ele mostrou capacidade de absorver e fazer o lance do gol”, comemorou.

Tite, agora, terá alguns dias de trabalho antes de voltar a campo pelo Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, ele comanda o elenco do Timão no embate diante do Avaí, às 16h, na Ressacada. Para o duelo, válido pela última rodada do primeiro turno, ele poderá contar com o retorno de Felipe, que cumpriu suspensão automática na noite desta quarta-feira.

Veja Mais:

  • Jô e Danilo Avelar podem ser as novidades do Corinthians no Paulistão

    FPF libera inscrições de novos jogadores e Corinthians poderá ter reforços na volta do Paulistão

    ver detalhes
  • Xavier, volante de 20 anos, pode ganhar chance de treinar com o elenco principal do Corinthians no CT

    Capitão do Corinthians na Copinha pode ser mais um jovem a ganhar chance com Tiago Nunes no CT

    ver detalhes
  • Atuação de Amarilla revoltou Tite e os corinthianos em 2013

    Corinthians parabeniza Conmebol por aniversário e Fiel se revolta ao lembrar eliminação de 2013

    ver detalhes
  • Corinthians estreia no Brasileirão no começo do mês de agosto

    CBF publica calendário do futebol nacional com competições até fevereiro de 2021

    ver detalhes
  • Cássio revelou que terá camisa preta para usar na temporada

    Cássio diz que Timão terá camisa preta de goleiro e admite desejo de usar modelo igual ao de Ronaldo

    ver detalhes
  • Novo patrocinador vai ocupar o lugar que era da MarjoSports na manga do uniforme do Corinthians

    Corinthians anuncia novo patrocinador e deve ganhar mais de R$ 40 milhões em cinco anos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: