Liderança no Brasileiro e clássico na Copa do Brasil impõem escolha difícil para o Timão

Liderança no Brasileiro e clássico na Copa do Brasil impõem escolha difícil para o Timão

Por Meu Timão

25 mil visualizações 102 comentários Comunicar erro

Nesta quarta-feira, o Corinthians enfrenta o Santos na Vila Belmiro

Nesta quarta-feira, o Corinthians enfrenta o Santos na Vila Belmiro

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Prestes a entrar em campo pela 19º rodada do Campeonato Brasileiro - contra o Avaí -, o Corinthians vai começar a disputar paralelamente, nesta quarta-feira, a Copa do Brasil. Enquanto tenta manter a liderança no Brasileirão, também tem a importante responsabilidade de vencer o clássico e se garantir nas próximas fases da competição que só se iniciou - para o Alvinegro - nas oitavas de final devido à participação do clube na Libertadores deste ano.

Caso vença os próximos confrontos e chegue à final da Copa do Brasil, o Timão teria 28 partidas até o final deste ano - sendo 20 delas válidas pelo Brasileirão e oito pela Copa do Brasil. Dessa forma, o desgaste seria inevitável, forçando o Corinthians a priorizar uma das competições. Para solucionar essa questão, nos últimos dias, a comissão técnica e a diretoria do Corinthians se reuniram para planejar o restante da temporada do clube alvinegro.

O Brasil tem direito a cinco vagas no maior torneio entre clubes da América, e como os times que fecham o Brasileiro no G-4 tem vaga garantida na Libertadores, o Corinthians deve priorizar esse campeonato. Motivado pela atual liderança, também leva em consideração o desgaste - físico e mental - que o mata-mata da Copa do Brasil proporciona.

Porém, isso não quer dizer que o Timão vai abrir mão da Copa do Brasil, apenas significa que, caso alguns atletas precisem de descanso, eles serão poupados em jogos desta competição.

Até por isso, mesmo encarando o Avaí, que é o 16º colocado na tabela, o clube entrará em campo quase com força total. Com um edema na coxa direita, Uendel não se recuperou a tempo e dará lugar ao jovem Guilherme Arana. Já Renato Augusto, com dores musculares, será poupado. Sua vaga ficará com o meia Rodriguinho.

"Se ficar envolvido forte na Copa do Brasil e forte no Brasileiro, vai sofrer, é inevitável. Isso não vai acontecer no primeiro enfrentamento com o Santos, mas depois", disse o técnico Tite, em entrevista à ESPN.

Já o adversário do Timão nesta fase de "estreia" da Copa, Santos, deve seguir o caminho contrário do Corinthians e priorizar a competição mais desgastante. Para o confronto desta quarta-feira, o time da Vila Belmiro terá um dia a mais de descanso que o Alvinegro, visto que jogará pelo Brasileirão neste sábado.

Veja Mais:

  • Avelar tende a receber nova chance como titular do Corinthians na capital paranaense

    Carlos joga 45 minutos pela Seleção Sub-20, e Corinthians deve ter Avelar contra Atlético-PR

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes