Manchete sobre prisão de ex-jogador revolta corinthianos

Manchete sobre prisão de ex-jogador revolta corinthianos

Por Meu Timão

Piá foi preso pela terceira vez e seu nome sempre é ligado ao Timão

Piá foi preso pela terceira vez e seu nome sempre é ligado ao Timão

Foto: Divulgação

A notícia da terceira prisão do ex-jogador de futebol Reginaldo Rivelino Jandoso, o Piá, deixou alguns torcedores do Corinthians revoltados. Apesar de o meia ter passado por cerca de 20 clubes em sua carreira, foi o Timão o escolhido para ser destacado em quase todos os títulos de matérias veiculadas sobre o assunto.

Piá teve uma curta passagem pelo Corinthians, no ano de 2004, atuando em apenas sete jogos com a camisa alvinegra. Ele foi revelado no Santos e teve passagens por Portuguesa, Ponte Preta e até mesmo no exterior, no PAOK, da Turquia.

O ex-jogador foi preso neste sábado, em Bauru, no interior de São Paulo, tentar roubar um caixa eletrônico. As outras duas vezes também foi pelo mesmo motivo. Ele chegou a ficar preso 21 dias.

Essa não é a primeira vez que um jogador com pouca história no Timão e que, as vezes, não é nem lembrado pela torcida, é usado para promover manchetes após se envolverem em polêmicas. O Meu Timão já relembrou outros casos, em abril, quando Piá foi preso pela segunda vez.

Leia algumas mensagens publicados por torcedores no Twitter

Veja Mais:

  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes
  • Marlone foi o destaque do treino desta quinta-feira

    Marlone marca, Caíque ganha chance e Oswaldo volta a ensaiar escalação do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes