Líder, Timão termina primeiro turno com melhor defesa pelo terceiro ano seguido

Líder, Timão termina primeiro turno com melhor defesa pelo terceiro ano seguido

Por Meu Timão

Gil e Felipe formam a dupla de zaga titular do Corinthians

Gil e Felipe formam a dupla de zaga titular do Corinthians

Foto: Ricardo Taves/Ag. Corinthians

Com 14 gols sofridos, o Corinthians terminou o primeiro turno com a melhor defesa do Campeonato Brasileiro. O setor formado por Cássio, Fagner, Gil, Felipe e Uendel é alvo de constantes elogios. A marca, porém, não é nenhuma novidade para a Fiel, que nos dois últimos anos se acostumou a ver seu sistema defensivo como o melhor do país.

Em 2013, sob o comando do mesmo Tite, o Alvinegro sofreu apenas oito gols nas primeiras 19 rodadas. Já ao fim do Brasileirão, haviam sido 22. Na época, a defesa era normalmente composta por Cássio, Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos. A campanha naquele ano, no entanto, terminou com um décimo lugar e o segundo pior ataque da competição.

Na temporada seguinte, já com Mano Menezes como treinador, o sistema defensivo sofreu mudanças. Aposentado, Alessandro deu lugar ao lateral-direito Fagner. A dupla de zaga era habitualmente formada por Gil e Cléber e, posteriormente, por Anderson Martins, com a saída de Cléber para o futebol alemão. Na lateral-esquerda, Fábio Santos seguia como titular.

Mesmo assim, o bom desempenho continuou e ao término do primeiro turno, o Timão sustentava a marca de melhor defesa com 12 gols. Ao fim do campeonato, a equipe foi superada pelo Grêmio e terminou como a segunda melhor, sendo vazada 32 vezes, oito a mais que o time do sul. Diferente do ano anterior, o Corinthians conseguiu uma melhor colocação e terminou na 4ª posição.

Em nenhuma das duas temporadas anteriores, porém, o Alvinegro conseguiu o feito de terminar o primeiro turno com a melhor defesa e a liderança da competição.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes