Jadson exalta regularidade e compara decisão na Copa do Brasil à lição vivida na Libertadores

Jadson exalta regularidade e compara decisão na Copa do Brasil à lição vivida na Libertadores

Por Meu Timão

Jadson relembrou partida contra o Guaraní, do Paraguai

Jadson relembrou partida contra o Guaraní, do Paraguai

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Consciente em relação à disputa na Copa do Brasil e na evolução no Campeonato Brasileiro - graças à união do grupo -, Jadson voltou a falar sobre o padrão de jogo, citado frequentemente pelo técnico Tite.

"Nossa equipe tem uma base de equilíbrio, está sendo efetiva, mas não é todo jogo que vamos conseguir realizar placares elásticos, ter grandes atuações. O importante é que está tendo um padrão de jogo, o que o Tite vem pedindo estamos fazendo nos jogos. Conseguindo os três pontos e por isso nossa equipe está subindo cada vez mais", ponderou o meia, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira.

Apesar da regularidade reconquistada, o Corinthians encontra-se em uma situação parecida à vivida em maio, na eliminação da Libertadores, também nas oitavas de final, para o Guaraní, do Paraguai. Nesta quarta-feira, contra o Santos, o Timão tenta reverter o placar de 2 a 0 sofrido na Vila Belmiro.

"Libertadores e Copa do Brasil são campeonatos diferentes, apesar do mesmo placar. Na Libertadores, a pressão era muito maior, a gente vinha eliminado do Paulista, 2 a 0 contra o Guaraní, tínhamos a obrigação de ganhar. Por causa da pressão, da ansiedade, acabamos nos precipitando em algumas jogadas, não conseguimos realizar os gols no começo do jogo. Contra o Santos, nossa equipe está confiante, estamos bem no Brasileiro, isso pode ser um fator favorável para nós", analisou.

"Agora acho que a nossa equipe, depois de passar essas situações, Libertadores, entra e sai de jogadores, até no começo do Brasileiro falavam que íamos brigar pelo rebaixamento, meio da tabela. Pelo contrário, nossa equipe se uniu, entendeu o trabalho do time, nos fechamos, e é mérito do Tite por ter conseguido unir o grupo e dar essa arrancada aí no Brasileiro", acrescentou.

Líder no Brasileirão, com 43 pontos conquistados após a vitória por 3 a 0 sobre o Cruzeiro, neste domingo, o Corinthians vê a possilibidade de conquistar um bom resultado, dando sequência à boa fase.

"Nossa equipe está vivendo um grande Campeonato Brasileiro. Deixar a Copa do Brasil de lado não é legal. Todo campeonato tem que entrar para ser campeão. Todo mundo está focado no Brasileiro, ninguém está tirando o pé, estamos em busca do melhor para o Corinthians, o melhor é ser campeão de todos os campeonatos", arrematou Jadson.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes