Consultor médico do Timão passa mal e será submetido a cirurgia

Consultor médico do Timão passa mal e será submetido a cirurgia

Por Meu Timão

Joaquim Grava durante inauguração do LabR9

Joaquim Grava durante inauguração do LabR9

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Após participar da cirurgia do joelho direito do atacante Luciano, na última quarta-feira (26), o consultor médico do Corinthians, Joaquim Grava, passou mal ao sofrer uma arritmia cardíaca e deve ser submetido a uma cirurgia de cateterismo, ainda nesta quinta-feira. O médico foi consultado no próprio hospital onde o jogador corinthiano foi operado. A informação é da "Folha de S.Paulo"

Com o problema, o consultor médico do Timão, que não corre maiores riscos, precisará ficar afastado por um período de dez dias de seu consultório, segundo os médicos do hospital São Luiz, unidade do Morumbi.

A cirurgia de Luciano, da qual o médico participou, se deu em função da ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito do atacante e também do menisco lateral. Já em processo de recuperação, o camisa 18 deve retornar aos gramados dentro de um prazo de seis a oito meses.

Com muito prestígio no Alvinegro, Joaquim Grava tem seu nome utilizado no centro de treinamento do clube, construído em 2010. Já como médico, ele trabalho no Corinthians por 23 anos, em duas passagens, entre 1979 e 2007.

Veja Mais:

  • Votação do impeachment no Parque São Jorge

    Confira em tempo real a votação do impeachment de Roberto de Andrade

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes