'Molecada' responde à pressão no clássico e ganha elogios de Renato Augusto

'Molecada' responde à pressão no clássico e ganha elogios de Renato Augusto

Por Meu Timão

Guilherme Arana marcou o primeiro gol do Timão no clássico deste domingo

Guilherme Arana marcou o primeiro gol do Timão no clássico deste domingo

Foto: Reprodução / TV

O Corinthians entrou em campo novamente com quatro jogadores formados nas categorias de base alvinegra. Além de Malcom e Fagner, que já fazem parte da equipe titular há tempos, os novatos Guilherme Arana e Marciel jogaram novamente.

Apesar da responsabilidade de atuarem como titulares em um clássico contra o Palmeiras, a dupla recém-promovida deu conta do recado e até recebeu elogios do meia Renato Augusto.

"O Arana desde o ano passado já treinava com a gente, o Marciel também. Então quando ele entra, ele já sabe o que fazer. Estão todos de parabéns, todos tiveram personalidade e deram conta do recado. Os três", elogiou o meia, em entrevista ao canal ESPN, incluindo o atacante Malcom na lista.

Marciel e Arana ainda devem ter mais uma chance de mostrar serviço para o técnico Tite. A dupla está substituindo Bruno Henrique e Uendel, que estão lesionados e ainda não foram liberadores pelo departamento médico. O Timão volta a campo nesta quarta-feira, contra o Grêmio, em casa.

Veja Mais:

  • Timão não aceitou arcar com salários de Lauder durante período de empréstimo

    Corinthians barra empréstimo de atacante, que pode ficar sem jogar

    ver detalhes
  • Por atraso em voo, reunião sobre Jadson no Corinthians é adiada

    [Marco Bello] Por atraso em voo, reunião sobre Jadson no Corinthians é adiada

    ver detalhes
  • Pedrinho, à direita, está na mira de Barcelona, Atlético de Madrid e Chelsea

    Trio europeu monitora Pedrinho; agente aposta em multa de R$ 68 mi para mantê-lo no Corinthians

    ver detalhes
  • Del'Amore é um dos destaques do Corinthians na Copinha-2017

    Zagueiro do Corinthians com ascendência italiana é sondado pela Lazio

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes