Corinthians garante contrato com destaque da base até 2018

Corinthians garante contrato com destaque da base até 2018

Miullen agora é jogador do Timão até julho de 2018

Miullen agora é jogador do Timão até julho de 2018

Foto: Divulgação / Escola Chute Inicial Corinthians

O Corinthians tem investido e valorizado mais as categorias de base nos últimos meses. Prova disso é a preocupação com os contratos de jogadores que ainda não estão na mira da equipe profissional, como o atacante Miullen.

Um dos destaques da equipe Sub-17 do Timão, o jogador ganhou um novo contrato na última semana. Agora, ele tem vínculo com o Corinthians até julho de 2018. A novidade foi registrada no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF nesta terça-feira.

Além do bom futebol apresentado nas últimas competições, como a Taça BH Sub-17, o atacante ficou marcado por um episódio negativo. Na mesma competição, Miullen foi alvo de ofensas racistas por parte de torcedores do Guaxupé, de Minas Gerais.

Na ocasião, o jovem demonstrou ter muita maturidade ao falar sobre o ocorrido. ""Por isso que o Brasil fica para trás, com essas coisas. Mas eu acho que o futebol é muito grande para essas coisinhas pequenas. Isso aí não é nem uma pessoa pra mim, não faz nem parte de um ser humano e vem mais para atrapalhar. Por isso eu nem dou bola", declarou, ainda no estádio, após o jogo.

Além de Miullen, o Corinthians também aproveitou para prorrogar o contrato de mais três jogadores das categorias de base: Luis Henrique, Diogo e Pablo Victor, todos do sub-15.

Confira o registro de Miullen no BID da CBF

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes