'Garçom', Jadson ganha destaque no site da CBF

'Garçom', Jadson ganha destaque no site da CBF

Por Meu Timão

O meia Jadson não marcou gols no último domingo, na vitória por 3 a 1 do Corinthians em cima do Figueirense. Mas, segue artilheiro do time e deu duas assistências - o suficiente para ser destaque no site da Confederação Brasileira de Futebol.

A CBF publicou uma matéria, nesta segunda-feira, só sobre Jadson. Com o título "Jadson: artilheiro e "garçom" do líder Corinthians", a publicação destaca a boa fase do camisa 10, principalmente em assistências.

"Além de ser o artilheiro do Timão no ano, com 14 gols, o jogador chegou a 20 assistências em 2015 no último domingo (27), quando deu dois passes para gol no 3 a 1 sobre o Figueirense no Orlando Scarpelli. Elias, Gil e Renato Augusto marcaram para o Corinthians", diz o texto.

A matéria ainda acompanha um vídeo dos melhores momentos do jogo de domingo e lembra que Jadson tem outro ponto forte, sem ser as assistências: ele é o artilheiro do Corinthians e o vice do Brasileirão, com 11 gols.

"No Campeonato Brasileiro, Jadson é o vice-artilheiro da competição, com 11 gols, atrás apenas de Ricardo Oliveira, do Santos, com 17 tentos. E, nas 28 rodadas disputadas, já foram nove assistências", diz a publicação.

Confira a matéria da CBF sobre Jadson

Veja Mais:

  • Gabriel não deixou barata a declaração de Felipe Melo

    Gabriel cita dois Mundiais e responde Felipe Mello: 'Todo mundo quer falar do Corinthians'

    ver detalhes
  • Membro da comissão de Carille se envolveu em confusão com técnico rival

    Briga no túnel do vestiário marca fim de jogo na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Maycon, de falta, marcou para o Corinthians contra o Red Bull Brasil

    Corinthians marca de falta, mas toma gol no finalzinho e fica no empate com Red Bull

    ver detalhes
  • Paulinho fez dois gols pela Seleção Brasileira contra o Uruguai

    Ex-Corinthians, Paulinho faz três, quebra recorde e comanda show da Seleção de Tite no Uruguai

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes