Tite rende elogios à promessa da base: 'Vai explodir na carreira'

36 mil visualizações 77 comentários

Por Meu Timão

Em entrevista coletiva, Tite rendeu elogios ao zagueiro Yago e falou sobre a 'ansiedade' na reta final da temporada

Em entrevista coletiva, Tite rendeu elogios ao zagueiro Yago e falou sobre a 'ansiedade' na reta final da temporada

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

As lesões simultâneas de Uendel e Guilherme Arana tiveram, ao menos, um “lado bom” para Tite. Sem peças de reposição, o técnico corinthiano se viu obrigado a improvisar Yago, ainda pouco experiente no elenco profissional, no lado esquerdo da defesa. Mas a pressão de um clássico não abateu o zagueiro, que se destacou na vitória do Timão por 2 a 0 sobre o Santos.

“Ele vai explodir nessa carreira como zagueiro, porém, é importante ter a versatilidade. É importante contar com o jogador para executar duas, três funções. Principalmente nos dois primeiros terços do campo. Ele ainda não tem tanta capacidade de apoio por ser zagueiro”, afirmou Tite, em entrevista coletiva.

No último domingo, Yago foi mantido pelo treinador na lateral esquerda e não decepcionou – o camisa 3 recebeu uma das maiores notas da torcida na votação do MEU TIMÃO. Com o “problema” solucionado, Tite pôde segurar a ansiedade, acentuada com a proximidade do final do Campeonato Brasileiro.

“Eu vivo uma expectativa pessoal muito grande, tal qual o torcedor. A cada jogo que passa gera uma expectativa. O que tem de fazer? Foco no trabalho, na nossa preparação. Senão você viaja demais. Faz o teu bem feito e administra a ansiedade de forma natural”, declarou.

Líder da Série A, o Corinthians mantém sete pontos de vantagem sobre o Atlético-MG, segundo colocado. Para o comandante, o Timão precisa esquecer a pressão e manter o nível técnico apresentado na campanha até aqui, cujo aproveitamento beira 72%. “O diferente é, em momentos de pressão, fazer aquilo que você faz normalmente. A bola não vai queimar no pé. Agir com naturalidade”, explicou.

“Eu elenco os meus aspectos importantes. Essencial para mim: minha família, meu trabalho, estar em paz. E aí depois vem ler um livro, tomar um chimarrão, mas elenco essas prioridades. Essas são as minhas bolinhas maiores”, acrescentou o técnico, em tom bem humorado. Apesar do bom momento, ele descarta ter feito “promessa” para conquistar o hexacampeonato.

“Tenho espiritualidade, sou católico, faço minhas orações para ter paz e saúde. Para vencer, nunca. Só para desenvolver meu potencial. Do outro lado também tem uma equipe com objetivos, família, pessoas ligadas. Não me sinto no direito de fazer promessas. Não faço. Busco merecer, desenvolver o que tenho de bom. E tenho fé”, disse.

Nesta sexta-feira à tarde, no CT Joaquim Grava, o treinador comandou a atividade técnica da equipe que deve entrar em campo diante da Ponte Preta, neste domingo, às 16h. No entanto, ele definirá a escalação inicial somente no treino deste sábado, antes da viagem da delegação para Campinas.

“Emprega um ritmo forte e define as partidas no primeiro tempo, foi assim contra o Santos. Retomou uma relação de confiança também. Jogar contra a Ponte é sempre difícil, dentro ou fora de casa. No Paulista de 2012 saímos contra a Ponte, em casa. Até eu, que tenho origens bugrinas, sou Guarani, é maior ainda a bronca (risos)”, completou.

Veja Mais:

  • Gil e Fábio Santos estão na lista de relacionados do Corinthians para a partida

    Corinthians confirma lista de relacionados para jogo contra Red Bull Bragantino com desfalques; veja

    ver detalhes
  • Jonathas chegou ao Corinthians em junho de 2018; atacante deixou o clube com apenas nove partidas e um único gol

    Corinthians sofre bloqueios judiciais, mas quita apenas 25% da dívida com o atacante Jonathas

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o Red Bull Bragantino nesta quarta

    Corinthians encerra preparação para jogo contra Red Bull Bragantino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians vive fase delicada nas finanças

    Corinthians precisa de reestruturação profunda para se reestabelecer financeiramente; veja estudo

    ver detalhes
  • Corinthians assinou documento junto com outros 18 clubes da Série A

    Corinthians se une a 18 clubes da Série A para criar liga para organizar o Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Maycon e Arana podem disputar Tóquio 2020

    Corinthians não tem nenhum jogador na pré-lista com 50 nomes para Tóquio 2020; 18 atuam no Brasil

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x