Tite tem dúvidas sobre benefícios da pausa no Brasileirão

Tite tem dúvidas sobre benefícios da pausa no Brasileirão

Por Meu Timão

1.8 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Tite falou sobre a pausa no Campeonato Brasileiro

Tite falou sobre a pausa no Campeonato Brasileiro

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nesta quinta-feira, a Seleção Brasileira enfrenta o Chile, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2018. Na terça-feira, o adversário será a Venezuela. Em virtude desses jogos, a CBF paralisou o Campeonato Brasileiro, visando evitar práticas prejudiciais aos clubes que tiveram jogadores convocados, como é o caso do Corinthians.

Sem Gil, Elias e Renato Augusto, o Timão só voltará aos gramados daqui a dez dias - contra o Goiás, no dia 15 de outubro, às 19h30, na Arena Corinthians. A longa e incomum pausa no campeonato causa dúvidas ao técnico Tite, que não está seguro se ela é benéfica à sua equipe.

"Palavra de honra que já me fiz essa pergunta e não sei a resposta", afirmou o treinador. "A gente está em uma situação tão legal, com um nível de desempenho tão bom, passando por adversidades como a do jogo com a Ponte, e vai quebrar uma sequência. É algo inevitável", completou, valorizando o bom momento corinthiano.

A parada no Brasileirão servirá, de fato, para recuperar os jogadores lesionados - Uendel, Guilherme Arana, Bruno Henrique e Cristian. "Minha resposta interior é seguir no ritmo. Mas não será assim. Então vamos procurar recuperar quem está machucado, treinar com quem está aqui e torcer para os outros não se machucarem (risos)", disse Tite.

Em outras ocasiões neste ano, o Corinthians também já passou por pausas superiores a cinco dias. Em agosto, passada a partida contra o Vasco - válida pela 16ª rodada do Brasileirão, no dia 29 de agosto -, o Timão também ficou dez dias afastado dos campos. A partida seguinte foi realizada somente no dia 9 de agosto, contra o São Paulo. Como deve ser feito na situação atual, a pausa foi utilizada para treinos físicos e táticos, mas também para o descanso. Ainda assim, no duelo que marcou a volta aos gramados depois da quebra de sequência, o placar não saiu do empate - 1 a 1.

Ainda no início da temporada, entre a partida contra o São Paulo, válida pela primeira fase da Libertadores, e a primeira das oitavas de final da mesma competição, contra o Guaraní-PAR, passaram-se treze dias sem que fosse realizado ao menos um jogo. Os dois jogos em questão tiveram o mesmo placar: 2 a 0 para o adversário.

Pouco depois, já pelo Brasileirão, foram exatos sete dias sem jogos entre as partidas contra Chapecoense e Fluminense. No jogo antes da pausa, o Corinthians venceu por 1 a 0, no depois, empatou em 0 a 0. Desta partida em diante, foi comum o período de seis dias entre os jogos do Timão, considerado "normal" no calendário.

Veja Mais:

  • Contratação de Ramiro foi aprovada pela torcida do Corinthians

    Torcida do Corinthians aprova contratação de Ramiro em enquete avassaladora

    ver detalhes
  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes