Corinthians x Vitória

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians vai perdendo do Vitória

Acompanhe ao vivo

Técnico do Timão elege momento mais difícil de 2015

Técnico do Timão elege momento mais difícil de 2015

Por Meu Timão

Tite relembrou a eliminação contra o Guaraní-PAR

Tite relembrou a eliminação contra o Guaraní-PAR

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O início da atual temporada foi excepcional para o Corinthians. No começo de 2015, os números apontavam até mesmo superioridade se comparados à 2012, ano da conquista da Libertadores e do Mundial.

Ao passar dos meses, porém, a boa fase e o equilíbrio sofreram um desgaste. Classificado na primeira fase da Libertadores liderando o Grupo 2, o Corinthians foi eliminado nas oitavas de final, pelo Guaraní-PAR. Este episódio parece não sair da memória dos corinthianos. Depois de o goleiro Cássio relembrar a falha em um dos gols que culminou na eliminação, foi a vez de Tite o eleger como o mais difícil de 2015.

"Foi aquele momento de saída da Libertadores e início de Brasileiro, quando houve saída de atletas, alguns procurando afirmação, reestruturação da equipe, sai não sai, fica não fica... Isso gera instabilidade em todos", disse o técnico, em entrevista ao LANCE!.

Exercendo importante papel na permanência de jogadores, o treinador alvinegro também creditou à diretoria a responsabilidade e transparência com o elenco, o que transmitiu confiança ao time, que estava abalado à época.

"O técnico teve importância, sem falsa modéstia, mas o mais importante foi a credibilidade diretiva. Não adianta eu falar se não tiver na parte de cima o comando do Roberto (de Andrade, presidente), do Eduardo (Ferreira, diretor de futebol), do Edu (Gaspar, gerente de futebol), do Alessandro (coordenador técnico), que abalizam isso. Foi o fato de eles chegarem e falarem: 'não estamos atrás de grandes atletas, queremos primeiro pagar vocês'. Dizer isso aos atletas de forma direta foi mais importante do que minha atuação. Mostrar a verdade de quem comanda. A verdade não foi escondida, omitida, mentida. Demos prioridade a quem já estava. Esse foi o primeiro passo, depois veio o meu trabalho, os atletas acreditarem...", afirmou.

"Estrategicamente, a confiança diretiva e falar a verdade foi determinante. Isso gera comprometimento. Foi fundamental no nosso direcionamento. O atleta pensa: 'vamos ficar focados porque mais dia menos dia isso vai acertar'", acrescentou.

Atualmente, o bom futebol foi reconquistado e o Corinthians encontra-se na liderança do Campeonato Brasileiro, com 61 pontos. Para Tite, a evolução é nítida.

"Quando começou o Brasileiro eu disse que havia uma equipe na frente, que era o Atlético-MG, pelo plantel e a estruturação do elenco. Mas dizia também que nós tínhamos uma margem de crescimento muito grande. Falava aos jogadores: “É vocês estarem bem que a oportunidade vai aparecer, vai crescer o grupo”. A equipe me surpreendeu no início do ano pela forma eficiente e bonita que jogou. Teve jogo que foi sacanagem. O primeiro foi contra o Bayer Leverkusen. A gente mudou um pouco a estrutura tática e a equipe cresceu de uma maneira impressionante. Depois entraram alguns jogadores, saiu o Lodeiro e entrou o Jadson, que deu capacidade de assistência e criatividade maiores. As coisas foram se construindo e crescendo. Eu não pensava “vai bater campeão”. E é claro que em um período de reestruturação ficava pensando que era mais difícil sonhar com título. Eu pensava “será que a equipe vai crescer? Será que vai buscar o título”? E as respostas dentro do campo foram consolidando isso", finalizou Tite.

Veja Mais:

  • Corinthians e Vitória se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro

    Pelo Campeonato Brasileiro, Corinthians enfrenta o Vitória na Arena

    ver detalhes
  • Romero marca de cabeça, mas tem gol anulado contra o Vitória; assista

    VÍDEO: Romero marca de cabeça, mas tem gol anulado contra o Vitória; assista

    ver detalhes
  • Maycon (à esq.) inicia jogo na Arena; Pedrinho é opção no banco

    Corinthians é escalado para confronto com o Vitória na Arena

    ver detalhes
  • Com lindo arremate de fora da área, Malcom evitou derrota do Bordeaux no Francês

    Nos acréscimos, Malcom marca golaço no ângulo e evita derrota do Bordeaux

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes