Cássio admite ansiedade por convocação e vê falhas como aprendizado

Cássio admite ansiedade por convocação e vê falhas como aprendizado

Por Meu Timão

2.8 mil visualizações 39 comentários Comunicar erro

Em grande fase no Corinthians, Cássio foi a novidade da lista de convocados por Dunga nesta quinta-feira

Em grande fase no Corinthians, Cássio foi a novidade da lista de convocados por Dunga nesta quinta-feira

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Cássio teve motivos de sobra para comemorar na manhã desta quinta-feira. Titular do Corinthians há mais de três anos, o goleiro foi convocado pelo técnico Dunga para defender a Seleção nos jogos contra Argentina e Peru, nos dias 12 e 17 de novembro, pelas Eliminatórias. Em entrevista coletiva, ele admitiu que estava ansioso pelo retorno ao time verde-amarelo.

“Confesso que fiquei ansioso antes da convocação por ter grande possibilidade de ir. Agora tenho que agir naturalmente, continuar fazendo o que estou fazendo aqui, estou indo lá por ter méritos no clube. Vou tentar fazer a mesma coisa lá, me dedicar a cada treinamento para me firmar na Seleção”, afirmou o camisa 12, que treinava na academia do CT Joaquim Grava no momento do anúncio de Dunga.

“Fico muito feliz por ter sido convocado, um dos meus objetivos era voltar à Seleção. Eu estava aqui no CT, fazendo trabalho na bicicleta, de musculação, estava acompanhando a convocação e fiquei muito feliz”, declarou o arqueiro.

Esta é a terceira vez que Cássio é chamado para jogar pela equipe canarinho. Em 2007, ele acabou lembrado por Dunga quando ainda atuava pelo PSV Eindhoven, da Holanda. Já em 2012, o corinthiano ganhou nova chance com Mano Menezes, mas pouco entrou em campo. O jogador do Timão substituirá o gremista Marcelo Grohe, ausente na lista.

“Venho fazendo bom Campeonato Brasileiro, tendo regularidade boa, fico feliz de ser convocado. Estou indo para ajudar, se vou jogar não sei. Farei meu melhor. Estou indo lá para trabalhar com grandes profissionais, como Taffarel, tenho muito a crescer”, explicou, além de relembrar falhas no início da temporada – como contra o Guaraní (PAR), pela Libertadores.

“Passei por situações de cobrança, que errei em momentos decisivos, e voltei a ter regularidade. Esse ano tive poucas falhas, mas é um ano positivo, chego agora bem mais maduro e experiente do que em 2012”, finalizou.

Veja Mais:

  • Jogadores comemoraram o gol de Vital; o camisa 22 foi discreto, em respeito ao ex-clube

    Vital cumpre lei do ex, Corinthians vence Vasco e respira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Gol de Mateus Vital garantiu vitória do Corinthians sobre o Vasco

    Rivais diretos perdem, e Corinthians começa 35ª rodada com pé direito; veja classificação

    ver detalhes
  • Roger foi criticado pela torcida após passar em branco no jogo deste sábado

    Torcida elege Vital craque de vitória do Corinthians, mas não perdoa dupla; veja as notas

    ver detalhes
  • Jair Ventura, Alessandro Nunes (gerente de futebol) e Duilio Monteiro Alves (diretor de futebol)

    Diretoria do Corinthians sobre Jair Ventura em 2019: 'Não temos intenção nenhuma de mudar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes