Ralf reconhece jogo abaixo da média e vê vontade como trunfo

Ralf reconhece jogo abaixo da média e vê vontade como trunfo

Por Meu Timão

Para Ralf, a vitória sobre o Flamengo foi conquista com empenho e dedicação de todos os jogadores do Timão

Para Ralf, a vitória sobre o Flamengo foi conquista com empenho e dedicação de todos os jogadores do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O volante Ralf reconheceu que o Timão apresentou um futebol aquém do esperado na vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, neste domingo, na Arena Corinthians. De acordo com o camisa 5, a equipe alvinegra teve dificuldades em criar jogadas de ataque, mas derrotou o time da Gávea na base da raça.

“Tem jogo que você não é brilhante, mas se você sair com a vitória acaba sobressaindo. O importante foi a determinação e a vontade de todos até o final”, afirmou o volante, que recuperou a vaga no meio de campo do Corinthians desde a contusão de Bruno Henrique, em agosto.

Com o gol de Vagner Love, o Timão chegou aos 70 pontos na temporada e agora se prepara para enfrentar o segundo colocado Atlético-MG, no próximo domingo, no Independência. Para Ralf, vencer o Flamengo era primordial na campanha pelo hexacampeonato.

“A pressão existe dos dois lados, tanto da gente de fazer o dever de casa e o deles também. Fizemos o nosso papel diante do nosso torcedor, fizemos a nossa parte”, completou.

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Ronaldinho chegou a estar na mira do Corinthians, revela agente

    Irmão de Ronaldinho Gaúcho revela 'plano de marketing' do Corinthians e provocação de Andrés

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes