Elenco corinthiano faz balanço de reencontro com Guerrero

10 mil visualizações 54 comentários

Por Meu Timão

Ex-companheiros, Gil e Guerrero disputam bola na vitória do Timão sobre o Flamengo, em Itaquera

Ex-companheiros, Gil e Guerrero disputam bola na vitória do Timão sobre o Flamengo, em Itaquera

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

A volta de Paolo Guerrero à Arena Corinthians só não passou despercebida por conta da zaga alvinegra. Durante os 90 minutos da vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, no domingo, Felipe e Gil anularam as tentativas do peruano, que pouco mostrou e acabou ofuscado por Vagner Love – antes reserva e criticado, ele marcou o tento que garantiu o triunfo aos donos da casa.

Após o fim da partida, os jogadores do Timão comentaram o encontro com o ex-companheiro. Para Gil, a equipe corinthiana não se preocupou especialmente com o atacante rival, mas sim com o adversário carioca. “A gente sabe que o Guerrero é um jogador mundialmente conhecido, não só ele, mas a equipe do Flamengo inteira tem qualidade. E a gente trabalhou nossa parte, fomos bem e não sofremos gol”, afirmou o camisa 4.

O discurso do zagueiro foi semelhante ao de Renato Augusto. O meia afirmou que o Corinthians manteve o foco no confronto e que Guerrero ficou para “segundo plano”. “Dentro do nosso elenco ninguém fala do Guerrero. Criou-se um mito muito grande de vocês (imprensa), nós em nenhum momento falamos sobre ele. Isso nos deixou ainda mais concentrados”, criticou.

Por outro lado, outros corinthianos reconheceram a qualidade do ex-atacante do Timão e enalteceram o trabalho do sistema defensivo. “A gente sabia da qualidade do Guerrero, é um cara do bem. O Gil, o Felipe e o Ralf sabiam que se deixassem ele sozinho, podia complicar um pouquinho. Desde o começo do jogo, todos o pegaram e não o deixaram jogar”, disse Jadson.

“A qualidade do Guerrero a gente conhece, todo mundo sabe. Um cara que cai pros dois lados, tem um bom cabeceio. Então a gente procurou dar o menos espaço possível e deu certo”, comemorou Felipe, eleito o segundo melhor jogador em campo pelos leitores do MEU TIMÃO.

Já o experiente Elias preferiu se ater aos elogios ao peruano. “Tranquilo, é um excelente profissional, a gente torce para que ele seja muito feliz no Flamengo, muito profissional. Torcemos para que as pessoas do bem possam ter bastante sucesso”, completou o camisa 7.

Veja Mais:

  • Corinthians finalizou o primeiro treino preparatório para enfrentar o Bahia, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians se reapresenta e faz treino técnico e de finalizações de olho no duelo contra o Bahia

    ver detalhes
  • Paolo Guerrero deixou o Corinthians em 2015; jogador tem contrato com o Internacional até o final de 2021, mas não deve vir ao Timão

    Diretor de futebol do Corinthians nega procura por Paolo Guerrero: 'Não há interesse'

    ver detalhes
  • Organizadas do Corinthians apoiaram Movimento Salve O Corinthians e reivindicam postura da diretoria

    Movimento de torcedores e organizadas do Corinthians enviam carta com reivindicações à diretoria

    ver detalhes
  • Da venda de Jucilei em 2011 até essas últimas penhoras das cotas do clube, o Caso J. Malucelli passou pela mesa de cinco presidentes: Andrés Sanchez, Mário Gobbi, Roberto de Andrade, Andrés Sanchez e, agora, Duilio Monteiro Alves

    Caso J. Malucelli: Corinthians paga R$ 22 milhões e tenta se livrar de outros R$ 6 mi na Justiça

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu primeiro empate no Brasileirão de Aspirantes diante do Red Bull Bragantino

    Corinthians empata com RB Bragantino e perde chance de assumir a liderança do Brasileirão Aspirantes

    ver detalhes
  • Carlos Brazil foi apresentado no Corinthians nesta quinta-feira

    Carlos Brazil quer Corinthians como protagonista na base: 'Time muito grande'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x