Frio, Jadson joga pressão de duelo decisivo para o Atlético-MG

Frio, Jadson joga pressão de duelo decisivo para o Atlético-MG

Por Meu Timão

Jadson falou sobre o próximo duelo do Timão

Jadson falou sobre o próximo duelo do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nesta 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, Corinthians e Atlético-MG entram em campo na "final antecipada" da competição. Enquanto o Timão, com seus 70 pontos, ocupa a liderança da tabela, o clube mineiro está somente uma posição abaixo, com 62. O artilheiro e garçom do clube nesta temporada, Jadson, depois de afirmar que o rival está mais "pilhado", também jogou a pressão do duelo para o adversário.

"A responsabilidade é das duas equipes. Para o Atlético-MG, é quase obrigação. Para a gente, um empate é bom resultado", afirmou o meia.

"O que pode atrapalhar um pouco é a ansiedade. Mas Tite vem conversando com os jogadores. Aqui tem muitos maduros, que já tiveram situações como essa. Todos estão preparados. Jogamos da mesma forma para ser campeão", completou, considerando as adversidades que surgem nessa reta final do torneio.

Para Jadson, nem mesmo uma derrota significaria o "fim do mundo" - ainda que ela diminuísse a vantagem para o segundo colocado a cinco pontos. Isto porque depois de enfrentar o Atlético-MG, o Corinthians ainda encara o Coritiba, Vasco, São Paulo, Sport e, enfim, o Avaí.

"Claro que não (será o fim do mundo), mas sabemos da importância do jogo. Se perdermos, cai para cinco pontos, o que pode motivar o time do Atlético-MG. Temos de tentar liquidar o campeonato neste jogo. Mesmo com as dificuldades, com a pressão da torcida. Temos de ter personalidade para entrar, jogar e conseguir um bom resultado", disse.

"Estamos com uma grande chance (de ser campeão). Lutamos muito por essa vantagem. Temos de seguir desta maneira. Vai ser importante para mim e para o clube", concluiu Jadson.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes