Cássio elogia Felipe e dupla comenta participação decisiva de zagueiro

Cássio elogia Felipe e dupla comenta participação decisiva de zagueiro

Por Meu Timão

O primeiro gol do Corinthians na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-MG contou com uma participação um tanto quanto curiosa. Titular da melhor defesa do Brasileirão, Felipe demonstrou qualidade no ataque e, após dar o bote em Lucas Pratto, foi à linha de fundo e fez o cruzamento na área atleticana.

“Fiquei livre, na hora eu já lembrei do Tite, ele gosta muito de cruzamento no chão e graças a Deus deu tudo certo”, explicou Felipe à ESPN Brasil. Após o corte errado da defesa do time mineiro, Jadson pegou a sobra e tocou para Malcom, que cabeceou e abriu o placar no Independência. A atuação do defensor ganhou elogios até do goleiro Cássio.

“Foi bem, cruzamento foi mais ou menos (risos). Mas foi muito bem, pelo campeonato que ele vem fazendo é excepcional, é um cara merecedor. Tem uma família muito centrada, uma esposa que está sempre junto. Então está de parabéns”, elogiou o camisa 12, também ouviu belas palavras do companheiro de equipe.

“Dá uma confiança a mais (ter Cássio), temos a melhor defesa e é bom saber que o temos no gol”, respondeu o beque. Os dois devem permanecer na equipe titular na partida contra o Coritiba, marcada para o próximo sábado, às 19h30, na Arena Corinthians.

CONFIRA A JOGADA DE FELIPE NO GOL MARCADO POR MALCOM

Veja Mais:

  • Corinthiano Luidy é o novo reforço do Figueirense

    Anunciado por clube da Série B, Luidy agradece Corinthians

    ver detalhes
  • Timão e Caixa não chegaram a acordo pela renovação

    Corinthians recebe ofertas, mas pode permanecer sem patrocínio master na decisão; veja imposições

    ver detalhes
  • Fagner não corre risco de perder finais do Paulistão

    Julgamento de Fagner por suposta agressão no Majestoso acontecerá só após finais do Paulistão

    ver detalhes
  • Jadson, com a 10, fez um dos gols contra a Universidad de Chile na Arena

    Corinthians vai devolver camisa 10 a Jadson; utilização na decisão ainda é incógnita

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes