Depois de reclamações, Cássio alfineta rivais: 'Não colocamos culpa em árbitro'

Depois de reclamações, Cássio alfineta rivais: 'Não colocamos culpa em árbitro'

Por Meu Timão

Cássio não se esqueceu das declarações de adversários sobre um improvável complô da arbitragem

Cássio não se esqueceu das declarações de adversários sobre um improvável complô da arbitragem

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Corinthians tem a chance de conquistar o título do Campeonato Brasileiro de forma antecipada neste sábado. No entanto, para chegar até aqui, o elenco alvinegro teve de superar uma série de dificuldades, como a crise financeira, a eliminação na Libertadores e até as declarações de rivais sobre um improvável complô da arbitragem. Experiente, Cássio lamentou o assunto e mandou um recado aos adversários.

“A gente é humildade. Quando perdemos, a gente sempre acha que o outro time foi melhor, não colocamos desculpa em árbitro. Isso vai muito do treinador, o Tite e os jogadores se fecham”, afirmou Cássio, durante participação no programa Bem, Amigos!, do SporTV.

A declaração do goleiro vai de encontro à opinião do técnico Levir Culpi, do Atlético-MG. Após a derrota por 3 a 0 para o Timão, sofrida no último domingo, em pleno Independência, o treinador voltou a comentar os erros de arbitragem na competição – conforme o MEU TIMÃO noticiou recentemente, o Corinthians foi mais prejudicado do que ajudado pelas decisões dos juízes.

“Eu dei uma declaração um dia, nunca vi um campeonato nacional com tantos problemas de arbitragem como foi esse, com tantos prejuízos pro Atlético. Isso é uma verdade. Perdemos uma série de pontos em duas semanas. Não vou voltar atrás em uma declaração dessas, mas não tem nada a ver com o jogo de hoje (domingo), que o Corinthians jogou limpo”, disse Culpi.

Além de alfinetar o comandante atleticano, Cássio enalteceu a humildade do grupo alvinegro. Segundo ele, todos são amigos e não há inveja ou ciúmes entre os jogadores, seja titular ou reserva. “Muito se fala do melhor jogador do campeonato, Jadson ou Renato Augusto, e isso não muda em nada”, completou.

Veja Mais:

  • Bruno Paulo jogará no Santa Cruz até o final de 2017

    Com apenas um jogo pelo Corinthians, atacante é emprestado até o fim do ano

    ver detalhes
  • Rodriguinho marcou o gol da vitória do Corinthians contra o Atlético-GO

    Corinthians se impõe fora de casa, vence Atlético-GO e assume liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Quase a totalidade dos 15 mil presentes no Serra Dourada era corintiana

    Torcida do Corinthians domina o estádio Serra Dourada; comentarista e dirigente goianos se revoltam

    ver detalhes
  • Clayson canta o hino do Corinthians na primeira concentração

    VÍDEO: Clayson canta o hino do Corinthians na primeira concentração

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes