'Saudade até da Gaviões quebrando meu carro', brinca Fábio Santos

'Saudade até da Gaviões quebrando meu carro', brinca Fábio Santos

Por Meu Timão

Ex-Corinthians, Fábio Santos surpreendeu ao responder se está com saudade do Brasil

Ex-Corinthians, Fábio Santos surpreendeu ao responder se está com saudade do Brasil

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Hoje no México, Fábio Santos não esconde a saudade dos tempos de Corinthians, clube onde conquistou a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clubes. Há quatro meses no Cruz Azul, o lateral-esquerdo esbanjou bom humor ao ser questionado sobre o futebol praticado na América do Norte.

“Estou com saudade até da Gaviões quebrando meu carro, cara. Aqui não tem nada disso, os caras ganham e perdem e não acontecem nada (risos)”, brincou Fábio Santos, nesta quarta-feira, durante participação no programa Bate-Bola, da ESPN Brasil.

“Aqui eles arriscam muito mais na partida, você está ganhando de 2 a 0 e muita vezes acaba tomando a virada. Mas, taticamente, eles estão muito atrás do Corinthians. Mas não dá pra falar muito, trabalhei cinco anos com o Tite, que é o melhor treinador que nós temos. Mas isso fica muito a desejar”, acrescentou.

Fábio Santos chegou ao Corinthians em 2011 e assumiu a lateral após a saída de Roberto Carlos. Em sua primeira temporada, se firmou como titular e foi campeão do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Arena Corinthians terá mais um jogo com casa cheia

    Fiel bate marca dos 30 mil ingressos para Corinthians e Bahia; veja parcial

    ver detalhes
  • Na última partida disputada em Itaquera, o Timão bateu o Cruzeiro por 1 a 0

    Apenas vitória garante liderança do Corinthians; veja a classificação atualizada

    ver detalhes
  • Jogo do Corinthians será transmitido no Premiere nesta quinta-feira

    Como assistir ao jogo desta quinta-feira entre Corinthians e Bahia na televisão

    ver detalhes
  • Vilson pode ser um dos reforços para Carille na segunda fase da Copa Sul-Americana

    Conmebol aumenta limite e Corinthians pode mudar até seis nomes na Sul-Americana; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes