Guilherme Arana volta a ser destaque na imprensa italiana e entra na mira do PSG

Guilherme Arana volta a ser destaque na imprensa italiana e entra na mira do PSG

Por Meu Timão

Emprestado ao Atlético-PR, Arana retornou ao Timão e assumiu a lateral após a contusão de Uendel

Emprestado ao Atlético-PR, Arana retornou ao Timão e assumiu a lateral após a contusão de Uendel

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Tido como um dos jovens mais promissores do Corinthians, Guilherme Arana está na mira do futebol europeu. Após Inter de Milão (ITA), Atlético de Madri (ESP) e Udinese (ITA) demonstrarem interesse na contratação do lateral alvinegro, um jornal italiano noticiou que o Paris Saint-Germain (FRA) quer o jogador para substituir o brasileiro Maxwell.

Segundo o portal Tuttomercatoweb.com, o Milan (ITA) trabalha para tirar o jogador de 34 anos do PSG. As negociações estão avançadas e há boas chances que o lateral-esquerdo deixe o clube francês, no qual atua desde 2012. A saída de Maxwell deve impulsionar o desejo da equipe de Paris por Arana, reserva imediato de Uendel no Corinthians.

Ainda de acordo com a publicação, o agente italiano Claudio Vigorelli iniciou conversas pelo atleta com a Art Sports, empresa responsável pela carreira do jovem corinthiano e parceira da Elenko Sports, do empresário Fernando Garcia. A intenção do PSG é firmar um contrato de cinco anos com o jogador de 18 anos.

Em julho, o site CalcioNews24.com classificou Arana como um garoto de excelente técnica, grande velocidade e personalidade. “Essas são apenas algumas das qualidades”, afirmou o diário italiano, que ainda acrescentou um vídeo com as principais jogadas do lateral com a camisa alvinegra.

Guilherme Arana foi promovido aos profissionais do Corinthians em 2014, após a disputa da Taça São Paulo de Futebol Júnior. Pouco utilizado pelo técnico Mano Menezes no Brasileirão, retornou à equipe Sub-20 e foi titular na conquista da Copinha de 2015. Depois de ser emprestado ao Atlético-PR, foi chamado por Tite e tem tido atuações regulares no Timão.

Vale lembrar que o PSG tem em seu plantel o zagueiro Marquinhos, cria do Parque São Jorge. Apesar do futebol promissor, o beque recebeu poucas oportunidades de Tite e acabou emprestado por 1,5 milhão de euros ao Roma (ITA) em 2012. Em pouco tempo, se adaptou à equipe italiana e passou por uma ascensão meteórica, sendo contratado em definitivo por apenas 3 milhões de euros.

Em julho de 2013, Marquinhos se transferiu ao clube de Paris por 35 milhões de euros – R$ 101,5 milhões na cotação da época, valor que fez do corinthiano o zagueiro mais caro da história aos 19 anos. Nome constante nas convocações do técnico Dunga, ele disputou a última Copa América, no Chile, em julho.

Veja Mais:

  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes
  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Com Luan 'impossível', Timão deve voltar ao mercado para analisar outras opções à defesa

    Sem campeão olímpico, Corinthians monitora novas opções para zaga

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes