Sanchez diz que Corinthians observa Lucca desde 2010

Sanchez diz que Corinthians observa Lucca desde 2010

Por Meu Timão

Lucca tem se destacado nessa reta final do Brasileirão

Lucca tem se destacado nessa reta final do Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Um dos importantes jogadores dessa reta final do Campeonato Brasileiro, o atacante Lucca já estava na mira do Corinthians há cinco anos. Segundo o superintendente de futebol, Andrés Sanchez, o atacante era observado pela diretoria alvinegra desde 2010.

"Lucca foi indicado pelo Tite e pela comissão técnica. O Tite falou do filho dele, lógico que o filho dele também ajuda, é da comissão técnica. Mas, lá no Corinthians tem quatro ou cinco olheiros que trabalham no Profut (Cifut), que é dos computadores", começou a explicar Andrés, em entrevista ao Mesa Redonda, da Gazeta Esportiva.

"Mas esse moleque eu tentei contratar em 2010 para o Corinthians, agora teve a oportunidade. A indicação que todo mundo lá no Corinthians concordava. Ele é um jogador de 25 anos, rápido e está emprestado até o final do Paulista. Não lembro quanto é o valor do passe, algo em torno de 5 ou 6 milhões de reais", completou o ex-presidente do Timão.

Depois do gol da vitória em cima do Coritiba, o técnico Tite revelou na coletiva que o atacante havia sido indicação do seu filho, Matheus Bacchi, que hoje é parte da comissão técnica do Corinthians.

Veja Mais:

  • Semana passada, chapa de Andrés Sanchez havia prometido duas mulheres na diretoria

    Conselheira é vetada da chapa de Andrés Sanchez no Corinthians e alega machismo: 'Fiquei sem chão'

    ver detalhes
  • Presidente vai definir na tarde desta quinta-feira a saída ou não de Flávio Adauto

    Reunião definirá situações de diretores dissidentes; contratações podem ser impactadas

    ver detalhes
  • Dentinho publicou fotos de 'poker alvinegro' nesta quarta-feira

    Dentinho publica fotos de 'poker alvinegro' com ex-goleiro do Corinthians e mesa personalizada

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez vai concorrer à presidência do Corinthians pela segunda vez

    Andrés Sanchez pode perder foro privilegiado se cumprir promessa de campanha no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes