Apesar de clima tenso, Tite considera justo jogar em São Januário

Apesar de clima tenso, Tite considera justo jogar em São Januário

Por Meu Timão

2.5 mil visualizações 42 comentários Comunicar erro

Tite falou sobre a partida contra o Vasco

Tite falou sobre a partida contra o Vasco

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Desde a circulação de uma suposta mensagem de incentivo à violência durante a partida entre Vasco e Corinthians, o clube paulista tem redobrado suas atenções para a próxima rodada do Campeonato Brasileiro. O presidente do Timão, Roberto de Andrade, afirmou que entraria em contato com o Ministério Público. Em seguida, uma das torcidas organizadas do clube carioca negou a autoria do texto e, por fim, a Polícia do Rio de Janeiro já garantiu reforços no dia do duelo.

Em meio à polêmica, o técnico Tite se manifestou quanto à decisão pela partida acontecer em São Januário, estádio próprio do Vasco.

"É justo mandar o jogo na sua casa, com o preceito da segurança. Os órgãos públicos responsáveis ou a CBF vão auxiliar ou coordenar. É justo sim São Januário. E segurança também", afirmou o técnico alvinegro.

Preocupado também com a proximidade da conquista do título, Tite demonstrou máximo respeito pelos adversários.

"Nós só podemos ser campeões a partir de agora no próximo jogo, e não vamos abrir mão dessa possibilidade. Vamos respeitar o Vasco, respeitar o Zinho, que ajudou na preparação do título mundial do Corinthians, busquei informações com ele, fiquei mais de meia hora conversando com ele para saber da experiência dele, toda a emoção que gera, todo os aspectos que são de fora, eu tenho um respeito muito grande, assim como o grande trabalho do Jorginho, assim como jogadores que estão no Vasco e que foram meus jogadores. Agora é uma possibilidade real, no jogo contra o Vasco, essa conquista", considerou.

Logo após a paralisação do Brasileirão - devido à disputa da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 -, no próximo dia 19, o Corinthians vai ao Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco. A partida, válida pela 35ª rodada do torneio, acontecerá às 22h, em São Januário - que tem capacidade para cerca de 15 mil torcedores, e a torcida do Corinthians vai ter direito a 10% da carga total. Caso o Timão vença, o hexacampeonato será matematicamente garantido.

Veja Mais:

  • Corinthians de Ralf já respira mais tranquilo na luta contra a parte de baixo da classificação

    Jogos de domingo chegam ao fim, e Corinthians dobra distância para o Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ándrés Sanchez aparece do lado do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, e Ronaldo

    Presidente do Corinthians se reúne com presidente do Real Madrid em passagem pela Espanha

    ver detalhes
  • Avelar teve atuação contestada pela torcida após jogo desse sábado contra o Vasco

    Avelar admite queda de rendimento, lista possíveis motivos e diz que pode melhorar no Corinthians

    ver detalhes
  • Árbitro Wilton Pereira Sampaio foi bastante requisitado no tenso duelo entre Corinthians e Vasco

    Árbitro relata em súmula tentativa vascaína de intimidação na Arena Corinthians; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes