Mais tranquilo, Cássio projeta descanso, mas fala sobre motivação na reta final

Mais tranquilo, Cássio projeta descanso, mas fala sobre motivação na reta final

Por Meu Timão

Perto das férias, Cássio descarta ficar fora das duas últimas rodadas do Brasileirão

Perto das férias, Cássio descarta ficar fora das duas últimas rodadas do Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Com o hexacampeonato brasileiro assegurado, o goleiro Cássio reconheceu que já pensa nas férias de fim de ano. O arqueiro, entretanto, quer estar em campo nos jogos contra Sport e Avaí, os dois últimos compromissos do Timão na temporada. Em entrevista coletiva, nesta quinta-feira, ele explicou que não pretende antecipar o descanso.

“Você não pode perder a confiança. Procuro trabalhar normalmente e fazer o melhor nos treinamentos, ainda tem dez dias de trabalho. Vamos ter seriedade e respeito. Quem estiver mais cansado já deve ter conversado com o Tite, mas eu quero jogar as duas partidas e contribuir. Estou treinando diariamente para isso”, disse Cássio.

Titular desde 2012, ano de sua chegada ao Parque São Jorge, o goleiro participou de conquistas históricas do Timão, como a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clubes. Atual campeão brasileiro, ele tem a chance de integrar o melhor time da era dos pontos corridos – basta que o Corinthians some um ponto até o término do torneio

“Isso é legal. Para um goleiro, é melhor ter a melhor defesa do campeonato e confirmar isso. É um desafio, assim como ter a maior pontuação e outras coisas. Mas jogar no Corinthians já é uma grande motivação, acima de qualquer coisa”, acrescentou o jogador, que não deixou de recordar a goleada por 6 a 1 sobre o São Paulo.

“Depois que fomos campeões, fizemos nosso placar mais elástico no campeonato. Tudo serve de motivação. Temos duas partidas, o Sport precisa ganhar para brigar por Libertadores, mas vamos jogar para ganhar. O problema das outras equipes não é nosso”, avisou. Por outro lado, ele admite que a equipe alvinegra jogará com menos pressão.

“As minhas (férias) estão programadas, mas agora farei tudo com mais tranquilidade. Ano passado saímos com um pouco de pressão porque entramos só na pré-Libertadores. Saímos um pouco pressionados porque sabíamos que tínhamos de engrenar rapidamente na volta. Agora saio mais relaxado”, explicou.

“É bom jogar sabendo que já é campeão, que conseguiu cumprir os objetivos. Mas temos outros objetivos ainda. Ficamos mais relaxados, mas o nível do treinamento não diminui. Com o treinador que temos, jamais vão deixar cair a exigência”, finalizou.

Veja Mais:

  • Carille comandou o treino do Corinthians deste sábado, no CT Joaquim Grava

    Pablo treina, e Carille define escalação do Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson foi relacionado pela primeira vez no Corinthians

    Com estreia de Clayson e Pablo, Corinthians relaciona 22 contra Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson deve estrear com a camisa do Corinthians neste domingo

    Relacionado pela primeira vez, Clayson faz declaração à torcida do Corinthians em rede social

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes