Agente de Romero confirma negociações e revela objetivo do atacante

Agente de Romero confirma negociações e revela objetivo do atacante

Por Meu Timão

Romero quer sair do Corinthians para jogar na Europa

Romero quer sair do Corinthians para jogar na Europa

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O atacante Ángel Romero ainda pertence ao Corinthians. O empresário do jogador, Daniel Campo, negou que tenha algo definido, mas confirmou que existem negociações.

O nome do jogador foi dado como certo no Rubin Kazan, da Rússia, por um jornalista uruguaio. Daniel Campo confirmou a sondagem do clube russo, mas disse que nada concreto chegou em suas mãos.

"Estou trabalhando nisso (na saída dele). Tenho negociações, mas nada de concreto ainda. No Brasil ele não quer jogar por outro time, a não ser que seja um clube importante. Algumas equipes (menores) o querem, mas ele quer a Europa", declarou Daniel Campo, em entrevista ao GloboEsporte.com, revelando a vontade de Romero.

No Corinthians desde o meio do ano passado, Romero ainda não conseguiu se firmar como titular. Mesmo após a atuação contra o São Paulo, com dois gols, a diretoria continuou com a ideia de vendê-lo. A ideia é negociá-lo já que o clube detém 20% dos seus direitos econômicos.

Veja Mais:

  • Clayson está na mira do Corinthians, que cogita emprestar terceiro jogador ao clube de Campinas

    Corinthians estuda emprestar jogador à Ponte Preta por contratação de Clayson

    ver detalhes
  • Timão foi eliminado pelo Náutico, que agora é excluído por escalação irregular

    Por escalação irregular contra Corinthians, Náutico é excluído da Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Timão empatou com rival São Paulo e carimbou passaporte à finalíssima

    Classificação do Corinthians à final do Paulistão rende recorde de audiência à Globo

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes