Negociando com a China, Ralf treina separado nesta quarta

Negociando com a China, Ralf treina separado nesta quarta

Por Meu Timão

Ralf treinou separado do grupo nesta quarta-feira

Ralf treinou separado do grupo nesta quarta-feira

Foto: Reprodução

O volante Ralf está negociando um provável acerto com o Beijing Guoan, da China, e nem treinou com o grupo do Corinthians nesta quarta-feira. Durante a reapresentação, o jogador foi visto no CT, mas não foi a campo.

Ralf permaneceu na parte interna do CT durante a atividade. O restante do grupo treinou normalmente. O time que fez a proposta é o mesmo que levou Renato Augusto, que confirmou sua saída nesta quarta-feira.

"Sobre o Ralf, ouvi agora. Conversei com ele rápido, disse que estava em negociação também. Não sei se fechou, mas está tendo um contato do mesmo time", explicou o meia, durante coletiva nesta quarta.

"Ralf é um amigo pessoal. Ficaria feliz se ele fosse para o mesmo time que eu. Se for embora, vai fazer falta aqui. Cabe a ele achar o que é melhor", completou Renato.

A proposta por Ralf não é alta. O volante tem uma multa rescisória considerada baixa, no valor de apenas 1 milhão de dólares - algo que o time chinês pode pagar facilmente. O salário oferecido, por outro lado, é alto: cerca de três vezes maior do que o recebido no Timão nos dias de hoje.

Veja Mais:

  • Timão conquistou Paulistão sobre a Ponte Preta; times voltam a se enfrentar logo na abertura de 2018

    Corinthians conhece data, horário e transmissão dos primeiros sete jogos do Paulistão

    ver detalhes
  • Gustavo Scarpa está negociando com o Corinthians para 2018

    Arquirrival perde força, e Corinthians volta ao páreo pela contratação de Scarpa

    ver detalhes
  • Balbuena ganhou status de líder no plantel alvinegro

    Priorizando renovação, Corinthians aguarda agentes de Balbuena para reunião

    ver detalhes
  • Super carros do Monster Jam já estão na Arena Corinthians

    Carros gigantes chegam à Arena Corinthians para evento deste sábado; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes