Corinthians está perto de anunciar zagueiro da Chapecoense

Sem Edu Dracena, o Corinthians varreu o mercado nacional em busca de um novo zagueiro. O nome da vez é o de Vilson, que defendeu a Chapecoense durante o Campeonato Brasileiro de 2015.
Vilson deve assinar contrato com o Timão nesta quinta-feira

Vilson deve assinar contrato com o Timão nesta quinta-feira

Foto: Divulgação/Chapecoense

Sem Edu Dracena, o Corinthians varreu o mercado nacional em busca de um novo zagueiro. O nome da vez é o de Vilson, que defendeu a Chapecoense durante o Campeonato Brasileiro de 2015. A informação é do repórter Rodrigo Faraco, da Rádio CBN Florianópolis.

A chegada do defensor preencheria a lacuna deixada por Edu Dracena, que acertou sua transferência para o Palmeiras. Aos 27 anos, Vilson tem experiência na disputa da Copa Libertadores da América e seu salário é considerado pequeno para o padrão dos jogadores do elenco alvinegro.

Ainda de acordo com o repórter, o beque se despediu dos colegas de clube na manhã desta quarta-feira e já embarcou para o São Paulo, onde assinará o vínculo com o Corinthians na quinta. Os valores do negócio e o tempo de contrato ainda não foram revelados.

Com Vilson, o técnico Tite terá cinco opções para a zaga: Felipe e Gil, titulares ao longo da última temporada, Yago e Pedro Henrique. A joia da base, inclusive, chegou a ser cotada como principal substituto de Dracena, mas não deverá ter muitas oportunidades no time profissional.

Corinthians está perto de anunciar novo zagueiro Corinthians está perto de anunciar zagueiro da Chapecoense 379

Veja Mais:

  • O volante Jean, ao lado de Gustavo, deve ser um dos novos reforços do Timão

    Dupla é aprovada em exames e já deve assinar nesta quarta com o Timão

    ver detalhes
  • Gustavo é o artilheiro da Série B com 11 gols

    Conheça mais sobre Gustavo, próximo reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Leonardo Young foi campeão do MasterChef Br

    Campeão do MasterChef Brasil, Leonardo ganha parabéns do Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik foi atacado nas redes sociais e através de protestos no CT após foto

    Ofensas homofóbicas geram punição de para torcida organizada

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes