Jadson diz nunca ter sido procurado por renovação e rebate presidente do Corinthians

Jadson diz nunca ter sido procurado por renovação e rebate presidente do Corinthians

Por Meu Timão

20 mil visualizações 257 comentários Comunicar erro

Jadson afirmou que nunca foi procurado para renovar com o Timão

Jadson afirmou que nunca foi procurado para renovar com o Timão

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ainda no Brasil, onde realizada a pré-temporada com Tianjin Quanjin, em Atibaia, o ex-meia do Corinthians, Jadson, rebateu as críticas do presidente Roberto de Andrade sobre a saída dos jogadores do Timão para a China. Segundo o jogador, ele nunca foi procurado para uma renovação com o alvinegro, seu contrato estava próximo do fim e ele aproveitou a oportunidade oferecida pelos chineses.

"É claro que você tem carinho por um clube quando passa por ele. Ele deve ter dito que os jogadores não têm amor por conta da situação pela qual o time está passando. Mas meu contrato acabaria em agosto, eu havia conquistado o título brasileiro, e não tinha recebido nenhuma proposta (para renovar). O presidente falou isso aí mais pelo fato de o futebol chinês ter vindo pesado, os jogadores terem saído, e ele ter ficado sem ter o que fazer", declarou o meia, em entrevista ao portal Gazeta Esportiva.

Jadson admitiu ter um grande respeito por Roberto de Andrade, mas não concordou com as declarações. Sobre a saída de seu ex-companheiro de criação, Renato Augusto, o jogador falou que não era a ideia inicial do jogador. O ex-camisa 10 também afirmou que acredita que o técnico Tite saberá encontrar uma solução para esse desmanche.

"A questão do desmanche faz parte. Uma equipe que se destaca recebe propostas de fora. O Renato dizia pra mim que não sairia, mas a oferta foi muito boa e o lado financeiro pesou bastante. O Corinthians perderá muito com a saída dos jogadores, mas tem peças de reposição que podem ajudar a equipe. O Tite é muito inteligente e saberá usar os que estão chegando para o time fazer um grande ano", explicou.

Jadson foi o primeiro campeão a deixar o Corinthians com destino a China. Ele assinou com o time comandando por Vanderlei Luxemburgo, que também está de olho em Alexandre Pato. Artilheiro do Timão na temporada passada, o meia afirmou que deixa a equipe com a certeza de que tomou a decisão correta. "Estou indo para a China de cabeça erguida. Fiz o meu trabalho. Eu terminei o ano campeão brasileiro, então estou com a consciência tranquila", finalizou.

Veja Mais:

  • Henrique marcou primeiro gol oficial do Corinthians na temporada de 2019

    Henrique faz no fim, Corinthians empata com São Caetano e deixa impressão positiva para o Paulistão

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor de futebol, falou em nome da diretoria na Arena Corinthians

    Luan, Love, Arana, Romero e Ramires: diretor do Corinthians atualiza negociações

    ver detalhes
  • Avelar foi eleito o pior corinthiano em campo neste domingo pela torcida

    Avelar é criticado, e pedidos por Arana marcam repercussão da estreia corinthiana nas redes sociais

    ver detalhes
  • Melhor corinthiano em campo, Fagner foi também o capitão do Timão neste domingo

    Abismo entre laterais do Corinthians é destacado por torcedores após empate com São Caetano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes