Tite quebra silêncio e brinca: 'A China que vá para a China'

Tite quebra silêncio e brinca: 'A China que vá para a China'

Por Meu Timão

Tite falou sobre a situação do Timão pela primeira vez em 2016

Tite falou sobre a situação do Timão pela primeira vez em 2016

Foto: Meu Timão

O técnico Tite finalmente falou com a imprensa em 2016. Antes do início do treinamento do Corinthians em Orlando, nos Estados Unidos, o comandante falou sobre a situação do clube pela primeira vez na temporada.

"A China que vá para a China", declarou o treinador, demonstrando bom humor mesmo com toda a situação.

"Todas as situações de saídas de atletas não é questão só do técnico, é um conjunto do trabalho. Não foi vontade da direção, mas tem que olhar para as soluções e ter coragem para buscar a manutenção agora, porque vejo que isso é fundamental. Reconstruir é um desafio, e a montagem da equipe está aberta", completou o treinador, fazendo uma avaliação do momento e pedindo a permanência do restante do elenco.

O técnico assumiu que sentiu as saídas dos seus principais jogadores, mas entende que isso seja uma coisa comum no Brasil.

"Assim como o torcedor sentia a cada saída, eu também, o presidente também, é uma equipe de trabalho que por "n" situações acaba se desfazendo. São algumas etapas, e a escala de equipe que estava no topo acaba retrocedendo e se reconstrói de novo. O futebol brasileiro, por questões econômicas, gera essas questões", finalizou.

O treinador comanda o primeiro treino do Timão logo mais, em Orlando, na Flórida. A equipe disputa o primeiro jogo no domingo, dia 17, contra o Atlético-MG.

Veja Mais:

  • Clayson foi escolhido por Carille para, mais uma vez, substituir Jadson

    Corinthians encerra preparação, e Carille mantém escalação sem Jadson para jogo deste sábado

    ver detalhes
  • Fagner já tem 208 jogos, sete gols e dois títulos pelo Corinthians

    Fagner fala sobre fazer história no Corinthians, revela papo com Léo Príncipe e manda recado à Fiel

    ver detalhes
  • Adauto disse contar com Walter, mas goleiro não será obrigado a permanecer

    Diretor do Corinthians explica situação de Walter, prevê volta de Douglas e alfineta rival

    ver detalhes
  • Paulinho botando Ashley Cole para correr na vitória sobre o Chelsea, em 2012

    'Alto nível': passagem de Paulinho pelo Corinthians é citada por dirigente do Barcelona

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes