Marlone minimiza preferência por posição e brinca sobre gol perdido

Marlone minimiza preferência por posição e brinca sobre gol perdido

Por Meu Timão, da Flórida (EUA)

Romero (2) e Danilo marcaram os gols da vitória por 3 a 2; Marlone quase fez o quarto, mas parou em Pyatov

Romero (2) e Danilo marcaram os gols da vitória por 3 a 2; Marlone quase fez o quarto, mas parou em Pyatov

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Reforço para a Libertadores, o meia Marlone disputou nesta quarta-feira, contra o Shakhtar Donetsk (UCR), em Orlando, sua segunda partida pelo Corinthians. Ainda que desentrosado com o restante do elenco, o novo camisa 8 mostrou personalidade e quase marcou o primeiro gol com o manto alvinegro – aos 48 minutos da etapa final, ele ficou cara a cara com o goleiro Pyatov, mas bateu para fora.

“Ali foi mais falta de ritmo do que qualidade, a bola fugiu um pouco do meu pé (risos). Mas o importante é que o Corinthians saiu com a vitória. Esses primeiros momentos com a camisa do Corinthians são gostosos. Espero estar evoluindo a cada dia pra fazer um grande 2016”, comemorou Marlone, que projetou a sequência da temporada.

“A expectativa é enorme né, cara? Fazer um grande ano, a cada dia trabalhar, a cada dia ir além do treino. Com o tempo a gente vai conhecendo o grupo, vai conhecendo todos e espero me encaixar o mais rápido possível na forma do time jogar. A expectativa é enorme pra fazer um grande ano”.

Como na derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, no último domingo, o apoiador foi usufruído por Tite no setor direito do ataque alvinegro. Utilizado em 2015 pelo lado esquerdo, ele faz questão de minimizar a preferência pelo posicionamento.

“No Sport, o Falcão me treinou, o próprio Eduardo Baptista, pela direita, pela esquerda, no meio. Eu estou aqui pra ajudar o Corinthians e o Tite vai saber me utilizar na hora certa”, finalizou.

Veja Mais:

  • Jô marcou o gol da vitória do Corinthians

    Artilheiro Jô marca no fim, e Corinthians supera Chapecoense na Arena Condá

    ver detalhes
  • Jô assegurou vitória do Corinthians em Chapecó

    Líder absoluto, Corinthians abre dez pontos de diferença para segundo colocado

    ver detalhes
  • Léo Santos jogou no lugar de Balbuena, que está suspenso e machucado

    Prata da casa supera até Jô e é eleito craque da vitória do Corinthians sobre Chapecoense

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel foi titular nesta quarta, mas não agradou a Fiel

    Após vitória do Corinthians, Fiel corneta Marquinhos Gabriel e indica preferência por Clayson

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes