Ida de Jô para a China pode render dinheiro extra ao Timão

Ida de Jô para a China pode render dinheiro extra ao Timão

Por Meu Timão

36 mil visualizações 94 comentários Comunicar erro

Jô defendeu o Corinthians por quatro temporadas

Jô defendeu o Corinthians por quatro temporadas

Foto: Reprodução

A invasão dos chineses no mercado causou prejuízos para o Timão em campo. Desde a invasão asiática o Timão perdeu quatro atletas titulares: Renato Augusto, Jadson, Ralf e o zagueiro Gil. O último foi a transação mais lucrativa - R$39,6 milhões -, já que o Timão tinha 90% dos direitos econômicos do defensor.

Uma quinta negociação com os chineses, porém, pode render um pequeno "trocado" ao Corinthians: a venda do atacante Jô. O atleta estava no futebol árabe e recebeu uma oferta de €2 milhões - R$8,7 milhões na cotação atual - para jogar na China.

Graças ao mecanismo de solidariedade da China, o Timão terá direito à uma pequena parcela da transação. O sistema oferece participação aos clubes formadores dos atletas, e por conta disso, o Timão deve receber cerca de R$200 mil, ou seja, 2,5% do valor.

O atacante ficou quatro anos no time principal do Corinthians, entre 2003 e 2006. Atleta mais jovem a vestir a camisa do Corinthians, o atacante fez sua primeira partida profissional em 2003, aos 16 anos.

Apesar do status de promessa, foi coadjuvante em uma equipe cujo ataque era formado por Nilmar e Tevez. Ainda jovem, acabou negociado com o CSKA Moscou (RUS) e, desde então, acumula passagens por Manchester City (ING), Everton (ING), Galatasaray (TUR), Internacional e Atlético-MG.

Em 2013, Jô chegou à Seleção Brasileira e participou da conquista da Copa das Confederações. No entanto, o jogador viu sua carreira declinar após passar por problemas extracampo. Em julho, acertou sua transferência para o Al Shabab, dos Emirados Árabes Unidos, onde permaneceu até receber a proposta do futebol chinês.

Veja Mais:

  • Marcelo Aparecido de Souza foi pressionado por jogadores e torcedores no Allianz Parque

    STJD aceita pedido e vai julgar em outra sessão mérito que pode melar título paulista do Corinthians

    ver detalhes
  • Dupla voltou de Chapecó com problemas físicos e pode se tornar baixa

    Dupla será reavaliada e pode se juntar a Cássio como desfalque para Corinthians no sábado

    ver detalhes
  • Guilherme Castellani assinou com o Timão até o fim de 2020

    Goleiro da equipe Sub-20 assina primeiro contrato profissional com o Corinthians

    ver detalhes
  • Henrique quer Corinthians bem no Brasileirão até o embate pela Libertadores

    Em desembarque, Henrique fala em 'virar a chave' para se aproximar dos líderes no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes