Presidente defende protestos e cita ‘crise violenta’ ao comentar preço dos ingressos

Presidente defende protestos e cita ‘crise violenta’ ao comentar preço dos ingressos

Por Meu Timão

5.4 mil visualizações 91 comentários Comunicar erro

Roberto assistiu à vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo e aprovou o protesto da Fiel

Roberto assistiu à vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo e aprovou o protesto da Fiel

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, aprovou o protesto de parte da torcida presente no setor Norte da Arena, neste domingo, durante o clássico contra o São Paulo. Para o cartola alvinegro, a manifestação liderada pela Gaviões da Fiel, suspensa dos estádios paulistas por 60 dias, tem cunho justificado, já que não houve violência.

“Vai ser punido por quê? É um manifesto legítimo, cada um tem o direito de se manifestar da forma que quiser. O que não pode é ter violência”, afirmou Roberto de Andrade, ao ser questionado se temia que o clube do Parque São Jorge fosse punido – pelo segundo jogo consecutivo, torcedores corinthianos exibiram faixas em protesto à Rede Globo, ao comando da Federação Paulista de Futebol (FPF) e ao preço dos ingressos.

“Faz parte. Não é que a gente não faz mais barato porque a gente não quer. A gente procura fazer de tudo pra deixar mais acessível ao estádio, mas às vezes não consegue por conta de custos”, justificou o dirigente corinthiano. “Ingresso mais barato”, mencionava um dos cartazes.

A partir do returno do Brasileirão 2015, o Timão baixou o valor de face dos ingressos dos jogos. O setor Leste Superior passou de R$ 120 (em dias de semana) e R$ 150 (em fins de semana) para R$ 100. O Oeste Inferior teve redução de R$ 250 para R$ 180. Já o Oeste Superior pôde ser obtido por R$ 120. Todos os valores têm descontos para sócios do Fiel Torcedor.

“Repito: os ingressos estamos sempre revendo, desde que assumi, já baixamos duas vezes, estamos sempre baixando os valores. O que não conseguimos, às vezes, é porque os custos aumentam, o país está vivendo uma crise violenta. Então talvez não consiga colocar no preço que o torcedor quer”, completou.

Veja Mais:

  • Diego Tardelli está há três temporadas no Shandong Luneng

    Corinthians recebe aceno positivo de 'concorrido' Tardelli por retorno ao Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians lotou Arena para finalíssima da Copa do Brasil

    Salvo padrão Fifa, Arena Corinthians tem seu maior ganho líquido de renda na final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Cássio falou com o jornalistas na tarde desta sexta-feira no CT do clube

    Cássio critica agente de Pedrinho após postagem: 'As coisas se resolvem aqui, não falando fora'

    ver detalhes
  • Corinthians de Jadson e Henrique flerta com marca do rebaixamento de 2007

    'Pior Corinthians dos últimos cinco anos' já flerta com marca do rebaixamento de 2007

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes