Atraso de Balbuena fez Corinthians correr contra o tempo para evitar multa da Conmebol

Atraso de Balbuena fez Corinthians correr contra o tempo para evitar multa da Conmebol

Por Meu Timão

10.0 mil visualizações 105 comentários Comunicar erro

Se Balbuena não fosse regularizado na CBF nesta segunda, Timão teria de pagar multa para inscrevê-lo na fase de grupos da Libertadores

Se Balbuena não fosse regularizado na CBF nesta segunda, Timão teria de pagar multa para inscrevê-lo na fase de grupos da Libertadores

Foto: Divulgação

O Corinthians viveu uma segunda-feira agitada em seus bastidores. Ainda sem contar com a documentação regularizada do zagueiro Fabián Balbuena, a direção do clube precisou correr contra o tempo para evitar uma multa imposta pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) no valor de US$ 10 mil (cerca de R$ 40 mil).

O regulamento da Copa Libertadores da América exige que as equipes participantes enviem a relação dos inscritos 48 horas antes da partida de estreia – no caso do Timão, até o fim desta segunda. Entretanto, por volta das 19h30, a cúpula alvinegra ainda não havia divulgado os 30 jogadores que estarão à disposição de Tite durante a competição sul-americana.

A ideia da comissão técnica era inscrever Balbuena a tempo. Caso não fosse possível, o jogador paraguaio poderia ser inscrito somente nas oitavas de final, perdendo as seis partidas válidas pela primeira fase do torneio – ou, como explicado acima, mediante ao pagamento da taxa: “Os clubes que enviarem (...) as listas de jogadores depois do prazo estabelecido poderão fazê-lo prévio pagamento da multa estabelecida (...)”, diz o regulamento.

Apesar do pouco tempo, o Corinthians teve sucesso nas tratativas e, após firmar contrato por três temporadas com Balbuena, o inscreveu na Libertadores. O jogador de 24 anos teve sua documentação regularizada na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), firmou vínculo até dezembro de 2018 com o Timão e está entre os relacionados para a disputa do torneio continental.

Leia o trecho do regulamento que determina multa caso o Timão atrasasse o envio da relação de inscritos

“Os clubes que enviarem, por intermédio de suas associações nacionais, as listas de jogadores depois do prazo estabelecido poderão fazê-lo prévio pagamento da multa estabelecida e sempre que as listas sejam apresentadas à CONMEBOL vinte e quatro horas antes que sua equipe disputar sua primeira partida. Para a habilitação deste clube, o clube ou a Associação Nacional deverá pagar uma multa de USD 10.000 (DEZ MIL DÓLARES).”

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 no fim do primeiro turno

    Cruzeiro só empata, Corinthians mantém posição, mas vê distância para o G6 aumentar

    ver detalhes
  • Fessin anotou o único gol do Corinthians no José Liberatti

    Com goleiro Filipe, Corinthians sai atrás, empata, mas é superado pelo Palmeiras no Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes
  • Time comandado por Arthur Elias conquistou nova vitória na temporada de 2018

    Cacau sai do banco, marca golaço e dá vitória ao Corinthians feminino fora de casa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes