De tereré na mão, Balbuena é apresentado e fala sobre escolha entre Corinthians e São Paulo

De tereré na mão, Balbuena é apresentado e fala sobre escolha entre Corinthians e São Paulo

Por Meu Timão

96 mil visualizações 231 comentários Comunicar erro

Com tererê na mão, Balbuena é enfático: 'eu preferi jogar no Corinthians'

Com tererê na mão, Balbuena é enfático: 'eu preferi jogar no Corinthians'

Foto: Meu Timão

Com espanhol arrastado, o novo reforço do Corinthians falou pela primeira com a imprensa desde que chegou ao Brasil. Apresentado oficialmente, o jogador chegou abraçado ao seu "tereré", uma espécie de chimarrão paraguaio.

"O tereré é a bebida oficial do Paraguay. É um costume paraguaio, que nos identificamos como paraguaios e que sempre aonde vamos nos acompanha também", começou o jogador.

Depois disso, Balbuena falou sobre a escolha pelo Corinthians, o ídolo Gamarra, o apoio de Romero e sobre a honra de usar o manto alvinegro: "Vou vestir e defender até a morte a camisa do Corinthians. Estou aqui para jogar e ajudar a equipe porque somos uma equipe e é a equipe que ganha um campeonato, não só um jogador".

Já integrado ao elenco, o jogador falou das dificuldades de adaptação ao futebol brasileiro e o seu motivo para escolher o Corinthians. "Sem dúvidas, sei que é diferente jogar no futebol paraguaio onde eu estava jogando e estava acostumado a jogar. Obviamente há uma grande diferença, mas sou consciente de que este é um trabalho que vou estar realizando com o treinador e com todos os caras para rapidamente me adaptar-me ao grupo e assim estar apto em pouco tempo para começar a jogar na equipe", afirmou Balbuena.

Quando perguntado a respeito do rival São Paulo, que tentou atravessar a negociação corinthiana, o jogador foi enfático no que lhe motivou a escolha: "Com o Tite é que sabemos que a filosofia dele como treinador é sempre dar resultado. Os resultados falam por si só. O trabalho do Tite é memorável, ele é conhecido mundialmente e também influenciou para que eu me decidisse jogar aqui. E, bom, já estou aqui e estou à disposição do treinador. Venho para somar, sou mais um no grupo e estou aqui para ajudar a equipe", encerrou.

Veja Mais:

  • Diego Tardelli está há três temporadas no Shandong Luneng

    Corinthians recebe aceno positivo de 'concorrido' Tardelli por retorno ao Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians lotou Arena para finalíssima da Copa do Brasil

    Salvo padrão Fifa, Arena Corinthians tem seu maior ganho líquido de renda na final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Cássio falou com o jornalistas na tarde desta sexta-feira no CT do clube

    Cássio critica agente de Pedrinho após postagem: 'As coisas se resolvem aqui, não falando fora'

    ver detalhes
  • Corinthians de Jadson e Henrique flerta com marca do rebaixamento de 2007

    'Pior Corinthians dos últimos cinco anos' já flerta com marca do rebaixamento de 2007

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes