Após compras milionárias, janela de transferências da China fecha nesta sexta-feira

Após compras milionárias, janela de transferências da China fecha nesta sexta-feira

Por Meu Timão

Mercado chinês foi responsável por contratar os principais jogadores do Corinthians

Mercado chinês foi responsável por contratar os principais jogadores do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Enfim, a janela de transferência do futebol chinês foi encerrada nesta sexta-feira. Entre os brasileiros, o Corinthians foi o maior alvo dos milionários clubes do país asiático, mas o mercado também foi responsável tirar jogadores de grandes clubes europeus.

Incentivadas pelo país a fazerem grandes investimentos no futebol, as equipes chinesas, apesar de ainda não terem uma liga competitiva, seduzem atletas devido aos altos salários pagos, os quais os vencimentos mensais muitas vezes ultrapassam a marca de R$ 1 milhão.

Campeão brasileiro de 2015, o Corinthians chamou a atenção de um mercado que já tinha um histórico de buscar grandes nomes do futebol brasileiro, como Paulinho, que deixou a Inglaterra no meio do ano passado para jogar no Guangzhou Evergrande, dirigido por Felipão.

Com o sucesso do time na campanha do hexa, a diretoria não conseguiu conter a investida dos chineses e perdeu grande parte do seu time titular. Ao total, três clubes desembolsaram juntos 22,5 milhões de euros, valor próximo a R$ 100 milhões, por Jadson, Renato Augusto, Ralf e Gil. O Corinthians, no entanto, só ficou com cerca de R$ 63,5 milhões deste valor devido à divisão dos direitos de cada atleta. Considerando o imposto cobrado pela Receita Federal (entre 15% e 20%), o valor que chega aos cofres corinthianos é ainda menor.

Devido à divisão dos direitos de cada jogador, Gil - vendido ao Shandong Luneng por cerca de R$ 38 milhões -, sozinho, garantiu R$ 35 milhões ao Timão, já que o clube tinha 90% do seu passe. (Veja o valor da venda de cada jogador na lista abaixo).

Além do Alvinegro, clubes da Europa também não conseguiram superar as ofertas dos chineses. Alex Teixeira, um dos principais destaques do Shakhtar Donetsk, tinha propostas concretas do Liverpool, porém acabou vendido ao Jiangsu Suning por impressionantes 50 milhões de euros, cerca de R$ 218 milhões.

O mesmo clube, inclusive, foi responsável por tirar Ramires do Chelsea, por R$ 32 milhões de euros (R$ 139,7 milhões), também nesta janela de transferências.

Veja o quanto foi pago pelos chineses por cada jogador do Timão:

Gil
Para onde foi: Shandong Luneng
Valor da compra: 8,5 milhões de euros (cerca de R$ 38 milhões)
Quanto para o Corinthians: R$ 35 milhões – correspondente a 90% de seus direitos

Renato Augusto
Para onde foi: Beijing Guoan
Valor da compra: 8 milhões de euros (cerca de R$ 35 milhões)
Quanto para o Corinthians: R$ 17,5 milhões – correspondente a 50% de seus direitos

Jadson
Para onde foi: Tianjin Quanjian
Valor da compra: 5 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões)
Quanto para o Corinthians: R$ 6,5 milhões – correspondente a 30% de seus direitos

Ralf
Para onde foi: Beijing Guouan
Valor da compra: 1 milhão de euros (cerca de R$ 4,5 milhões)
Quanto para o Corinthians: valor integral

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena está fora do confronto de quarta-feira

    Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens da base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes