Tite mantém 'espaços abertos' na equipe titular e cobra seriedade na briga pela vaga

2.5 mil visualizações 45 comentários

Por Meu Timão

Treinador segue promovendo mudanças para disputa 'saudável' por posição

Treinador segue promovendo mudanças para disputa 'saudável' por posição

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Tite promoverá seis mudanças na equipe que entrou em campo contra o São Bento para o confronto contra o Oeste, neste sábado.As alterações são apontadas como normisl pelo treinador, que busca dar oportunidade a todos os atletas e aumentar a competitividade do grupo neste início de temporada.

"A equipe está se construindo, os espaços vão estar abertos. Os atletas podem ficar bravos comigo, mas vão treinar com seriedade. Fomentar essa competição entre eles. Vai elevar o nível técnico, e a equipe toda vai ganhar com isso", afirmou o comandante corinthiano.

Titulares na quarta-feira passada, Giovanni Augusto, Guilherme e André novamente começarão jogando contra o Oeste. Ao ser questionado sobre a opção, Tite ressaltou que todos vem tendo chances, porém alguns passarão a jogar mais.

"Ninguém tem menos do que 180 minutos jogados. É o momento, sim, de encaminhar essa briga mais pontual. Toda situação que tiver de permanecer a equipe, vai permanecer, dependendo de como a engrenagem se mostrar", completou.

Além dos três reforços, o treinador escalará a equipe com sua principal formação na defesa (Fagner, Yago, Felipe e Uendel), além de promover o retorno de Bruno Henrique, Rodriguinho e Lucca, formando o time que é apontado como titular. Tite, no entanto, se recusa em falar sobre titularidade e não confirma se essa equipe será a mesma que entrará em campo contra o Santa Fe, na próxima quarta-feira, pela Copa Libertadores.

"O jogo vai falar, os treinamentos têm falado, os jogos anteriores falaram. Está tudo aberto. O campo fala. Tenho de diagnosticar o que ele fala. Linha de quatro, sim. Três jogadores centrais, com um de flutuação, sim. E dois atacantes. Essa é a ideia. Era o Danilo e o Romero, ou pode ser André com Giovanni", explicou.

Por fim, o técnico fez questão de ressaltar que as mudanças que faz na equipe não significam, necessariamente, que os atletas não vêm apresentando um bom desempenho e que alterações são normais na reconstrução da equipe.

"Às vezes um atleta sai não porque está mal, mas porque outro está em momento melhor. Ano passado, Ralf começou a Libertadores, depois entrou Cristian, aí ele se machucou e entrou o Bruno. Acabou ficando. Essas reconstruções vão acabar acontecendo", concluiu.

Veja Mais:

  • Eleições em novembro definem o novo presidente do Corinthians

    Em quem você votaria para novo presidente do Corinthians? Vote na enquete!

    ver detalhes
  • Méndez quer mais chances de jogar e pode deixar o Corinthians por isso

    Bruno Méndez cogita deixar o Corinthians por empréstimo para jogar mais: 'Já falei com o clube'

    ver detalhes
  • Fischer era um dos jogadores com mais tempo de casa no basquete do Timão

    Fischer diz que já esperava decisão do Corinthians e vê volta difícil para a próxima temporada

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez ainda não sabe quando voltarão os treinos e jogos; presidente do Corinthians quebra a cabeça fora de campo

    Salários atrasados e outras pendências: Corinthians planeja 'semana do alívio' com grana de Pedrinho

    ver detalhes
  • Ânimos exaltados entre torcedores após publicação do Corinthians nas redes sociais

    VÍDEO: Ânimos exaltados entre torcedores após publicação do Corinthians nas redes sociais

    ver detalhes
  • Ex-Manchester City, Jô não conseguiu brilhar no futebol inglês

    Dupla ligada ao Corinthians aparece em lista de piores negócios da Premier League; confira

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: