Tite recusa rótulo para equipe e defende: 'Errem, mas tentem'

Tite recusa rótulo para equipe e defende: 'Errem, mas tentem'

Por Meu Timão

Tite defende os erros desde que eles sejam cometidos da 'maneira certa'

Tite defende os erros desde que eles sejam cometidos da 'maneira certa'

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians venceu o Santa Fe, nesta quarta-feira, e manteve a invencibilidade na temporada, porém em campo novamente deu sinais de falta de entrosamento – normal para uma equipe que passou por uma grande reformulação. Após o triunfo, ao ser questionado sobre a forma como a equipe jogou, Tite descartou rótulos e fez uma análise sobre a partida.

“Pragmático não é o termo, não é o que eu vi e não é o que eu considero. O que eu vi foi um jogo muito difícil, uma equipe campeã sul-americana, um grau de competitividade muito alto e leal. Muito contato físico não dá, nós ficávamos concentrados pra situações de supostas faltas, seguir. No último terço do campo falta a combinação melhor. A finalização mais precisa, o domínio mais preciso, esse faltou. E não dar oportunidades ao adversário. No primeiro tempo ele não finalizou nenhuma. Mas também tem méritos nas bolas paradas”, disse o treinador, destacando as qualidades dos colombianos.

O Corinthians balançou as redes com Guilherme, que aproveitou bom cruzamento de Rodriguinho. Antes, a equipe havia criado outras oportunidades, mas todas sem sucesso. Para o treinador, o erro não só é normal, como devem acontecer.

“O erro é do jogo. Só quero que eles continuem tentando. Só iríamos vencer com triangulações e infiltrações. Aconteceu no segundo tempo, nessa troca de passes, nessa bola que o Rodriguinho poderia finalizar, esperou um pouquinho, deu mais um passo, cruzou e encontrou o Guilherme. Errem, mas tentem no último terço do campo", explicou.

Tite também comentou sobre o gol de Guilherme. Curiosamente, o treinador havia pedido para o meia treinar cabeceios após perder uma boa oportunidade no último jogo.

"A responsabilidade e a adrenalina de ser técnico de um clube grande é muito forte. Tem de ter um pouquinho de alegria também. No outro jogo ele errou o cabeceio. Peguei ele no treinamento e falei para ele treinar cabeceio. E aí aconteceu", concluiu o técnico, ainda invicto nesta temporada.

Veja Mais:

  • Corinthians é líder do Brasileirão de forma isolada

    Palmeiras perde em casa, Santos tropeça fora, e Corinthians segue líder isolado do Brasileirão

    ver detalhes
  • Vagner Mancini teria ofendido jornalista da Rádio Bandeirantes

    Vaza suposto áudio de Mancini festejando vitória com ofensa a jornalista: 'Babaca corinthiano'

    ver detalhes
  • Vitória comemorou triunfo sobre o Corinthians nas redes sociais

    Vitória cita jargão corinthiano para comemorar triunfo na Arena

    ver detalhes
  • Titular contra o Vitória, Gabriel se posicionou sobre a derrota em rede social

    'Mais forte do que nunca': jogadores do Corinthians comentam derrota nas redes sociais

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes