Tite recusa rótulo para equipe e defende: 'Errem, mas tentem'

4.2 mil visualizações 39 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Tite defende os erros desde que eles sejam cometidos da 'maneira certa'

Tite defende os erros desde que eles sejam cometidos da 'maneira certa'

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians venceu o Santa Fe, nesta quarta-feira, e manteve a invencibilidade na temporada, porém em campo novamente deu sinais de falta de entrosamento – normal para uma equipe que passou por uma grande reformulação. Após o triunfo, ao ser questionado sobre a forma como a equipe jogou, Tite descartou rótulos e fez uma análise sobre a partida.

“Pragmático não é o termo, não é o que eu vi e não é o que eu considero. O que eu vi foi um jogo muito difícil, uma equipe campeã sul-americana, um grau de competitividade muito alto e leal. Muito contato físico não dá, nós ficávamos concentrados pra situações de supostas faltas, seguir. No último terço do campo falta a combinação melhor. A finalização mais precisa, o domínio mais preciso, esse faltou. E não dar oportunidades ao adversário. No primeiro tempo ele não finalizou nenhuma. Mas também tem méritos nas bolas paradas”, disse o treinador, destacando as qualidades dos colombianos.

O Corinthians balançou as redes com Guilherme, que aproveitou bom cruzamento de Rodriguinho. Antes, a equipe havia criado outras oportunidades, mas todas sem sucesso. Para o treinador, o erro não só é normal, como devem acontecer.

“O erro é do jogo. Só quero que eles continuem tentando. Só iríamos vencer com triangulações e infiltrações. Aconteceu no segundo tempo, nessa troca de passes, nessa bola que o Rodriguinho poderia finalizar, esperou um pouquinho, deu mais um passo, cruzou e encontrou o Guilherme. Errem, mas tentem no último terço do campo", explicou.

Tite também comentou sobre o gol de Guilherme. Curiosamente, o treinador havia pedido para o meia treinar cabeceios após perder uma boa oportunidade no último jogo.

"A responsabilidade e a adrenalina de ser técnico de um clube grande é muito forte. Tem de ter um pouquinho de alegria também. No outro jogo ele errou o cabeceio. Peguei ele no treinamento e falei para ele treinar cabeceio. E aí aconteceu", concluiu o técnico, ainda invicto nesta temporada.

Veja Mais:

  • Bruno Méndez é visto como titular da equipe em 2020, com chances de antecipar a condição ainda neste ano

    A curto e longo prazo, veja como o Corinthians preparou Bruno Méndez para ser titular

    ver detalhes
  • Igor Marques é hoje um dos principais jogadores do Sub-20 do Corinthians

    Corinthians acerta contrato profissional com lateral do Sub-20 até 2022

    ver detalhes
  • Méndez e Marllon devem atuar juntos na Arena

    Com dois desfalques, Corinthians deve ter dupla de zaga inédita no duelo contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Fábio Carille sofre pressão por conta do mau desempenho do Corinthians

    Carille está em xeque porque Corinthians há dois meses não joga bem. Lembra última vez?

    ver detalhes
  • Categorias de base do Corinthians voltam a ser alvo de estelionatários

    Corinthians alerta para tentativas de golpe nas peneiras do clube e vai à Polícia; veja nota oficial

    ver detalhes
  • Carille não falou após o empate com a imprensa, mas foi defendido pelos seus atletas

    Carille não dá entrevista, mas é elogiado por atletas do Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: