Torcedores de clubes rivais ao Corinthians se solidarizam com Gaviões após emboscada

Torcedores de clubes rivais ao Corinthians se solidarizam com Gaviões após emboscada

Por Meu Timão

A Gaviões da Fiel, talvez mais do que nunca, não está sozinha. Após publicar nota oficial sobre a emboscada sofrida pelo presidente Rodrigo de Azevedo Lopes, o Diguinho, e pelo primeiro-secretário Cristiano de Morais Souza, o Cris, torcedores de equipes rivais ao Corinthians deixaram seu apoio por meio das redes sociais.

Um torcedor que se identificou como palmeirense diz admirar o histórico de lutas da principal organizada do Timão. A Gaviões foi criada em 1969, em meio à ditadura militar, e combateu não somente o regime ditatorial do país como o conservadorismo que permeava a então direção do Corinthians.

Ademais, um outro usuário do Facebook, identificando-se como flamenguista, disse storcede identificar com "o espírito de luta da Gaviões" e sugeriu uma união da classe trabalhadora independente do time de futebol para qual cada um torça.

Esta, vale lembrar, não é a primeira vez que torcedores de clubes rivais ao Corinthians se manifestam favorável à Gaviões. Os protestos que vêm sendo realizados pela organizada, contra a Globo, a FPF, a CBF e o deputado tucano Fernando Capez, estão ganhando apoio Brasil afora nas últimas semanas.

Confira algumas manifestações de apoio

Veja Mais:

  • Clayson é o novo reforço do Timão

    Clayson aparece no BID e pode estrar pelo Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Fubá inicia carreira de observador técnico da base do Corinthians nesta terça-feira

    Com problema de saúde, ex-jogador do Corinthians ganha cargo na base

    ver detalhes
  • Romão foi um dos destaques do Corinthians na última edição da Copinha

    Otimista por permanência de Arana, Corinthians empresta lateral a clube da Série B

    ver detalhes
  • Alessandro (à esq.) tem a missão de fechar reforços para Fábio Carille

    Viagem de Alessandro causa desconforto no Corinthians, diz jornalista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes