Rodriguinho explica primeiro amarelo e reclama de postura do árbitro no Paraguai

5.9 mil visualizações 101 comentários

Por Meu Timão

Rodriguinho foi expulso de campo no segundo tempo

Rodriguinho foi expulso de campo no segundo tempo

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Expulso na derrota para o Cerro Porteño na última quarta-feira, o meia Rodriguinho não escondeu sua chateação com a arbitragem - comandada pelo peruano Diego Haro. O atleta levou o segundo cartão amarelo, e foi para o vestiário aos 27 minutos da segunda etapa.

Após o jogo, Rodriguinho explicou o lance do primeiro cartão amarelo, quando tentou defender o meia Guilherme de ser expulso, e disse acreditar que o árbitro exagerou nas punições aplicadas.

"Eu tentei falar pra ele (árbitro) que não tinha sido nada, que o Guilherme tinha pegado primeiro a bola. Ele acabou esquecendo o Guilherme, mas eu achei que não precisava tomar cartão, porque só falei para ele que o Guilherme pegou só a bola. Aí me deu o amarelo. Infelizmente isso me prejudicou no jogo, porque logo em seguida eu fui expulso", explicou o meia.

"No lance que gerou o segundo amarelo, fui dar um carrinho, o jogador pulou, tenho de ver o replay para ver se pegou nele ou não. Por ter amarelo, eu poderia ter ficado em pé. Fui muito seguro de que iria tocar na bola. Achei que o jogador pulou. Tenho uma parcela de culpa, mas não entendi o critério do árbitro", relatou o atleta sobre o lance em que gerou sua expulsão.

O Timão terminou a partida com dois jogadores a menos, sendo que o centroavante André também foi expulso de campo. A equipe corinthiana mostrou insatisfação com os cartões distribuídos - Lucca, Romero, Rodriguinho e André foram punidos em campo. Pela equipe paraguaia apenas o atleta Rodrigo Rojas levou cartão.

"Sem dúvida, não estava tendo o mesmo critério para as duas equipes. Amarelou toda a nossa equipe no primeiro tempo para a qualquer momento poder expulsar alguém e facilitar a vida deles (Cerro Porteño). Isso ao meu entender, né? Mas agora a gente tem que esquecer tudo isso para ganharmos o jogo de quarta-feira de qualquer jeito", reclamou o meia da arbitragem do jogo.

Na próxima quarta-feira, o Timão volta a enfrentar o Cerro Porteño. Desta vez o jogo será realizado na Arena Corinthians - às 21h45. Se ganhar essa partida, a equipe alvinegra volta para a primeira colocação do grupo 8.

Veja Mais:

  • Sentimento da diretoria e do departamento jurídico no Parque São Jorge é de alívio pelos triunfos sobre o tema principal nas instâncias anteriores, que evitarão a indenização milionária ao rival

    Corinthians obtém triunfos na Justiça e evita indenização milionária ao Palmeiras; ação dura 19 anos

    ver detalhes
  • Corinthians perde para o Peñarol por 4 a 0 e se despede da Copa Sul-Americana

    Corinthians dá vexame, perde para Peñarol e é eliminado da Copa Sul-Americana

    ver detalhes
  • Corinrhians da vexame e é goleado pelo Peñarol, na Copa Sul-Americana

    Mosquito 'se salva' em noite de médias baixas no Corinthians; Jô beira o zero e é o pior

    ver detalhes
  • Mancini já levou mais goleadas no Corinthians do que Tite e Carille juntos

    Com 44 jogos, Mancini já levou mais goleadas no Corinthians do que Tite e Carille juntos

    ver detalhes
  • Corinthians perde para o Peñarol por 4 a 0 e se despede da Copa Sul-Americana

    Mancini volta a ser alvo e paciência com trio chega ao fim: Fiel repercute derrota do Corinthians

    ver detalhes
  • Mancini espera outra atitude do Corinthians no Campeonato Paulista

    Mancini considera derrota como 'acidente' e espera outra postura do Corinthians na semi do Paulistão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x