Árbitro que expulsou dois em 2015 apita 'revanche' do Timão na Libertadores

Árbitro que expulsou dois em 2015 apita 'revanche' do Timão na Libertadores

Por Meu Timão

Loustau apita Corinthians x Cerro Porteño (PAR)

Loustau apita Corinthians x Cerro Porteño (PAR)

Foto: Divulgação

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) já divulgou o trio de arbitragem do jogo entre Corinthians e Cerro Porteño (PAR), nesta quarta-feira, na Arena, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. O argentino Patrício Loustau, de 40 anos, apita uma partida do Timão pela terceira vez na carreira (confira o scout completo aqui).

Para os corinthianos supersticiosos, a escolha de Loustau é uma boa notícia. Em 2012, a equipe alvinegra bateu o Nacional (PAR) fora de casa por 3 a 1, ainda na fase de grupos da campanha que renderia o título inédito do torneio sul-americano. Na ocasião, o árbitro argentino recebeu a nota 4.85 dos torcedores do Meu Timão.

Já na temporada passada, Loustau foi escalado para comandar o primeiro desafio do Corinthians na Libertadores, diante do Once Caldas (COL), em Itaquera, pela primeira fase. Mesmo com a goleada por 4 a 0 dos donos da casa, o argentino foi bastante criticado pelas expulsões do atacante Paolo Guerrero e do lateral-esquerdo Fábio Santos, então jogadores do clube.

Árbitro Fifa desde 2011, Loustau terá o auxílio dos bandeirinhas Hernan Maidana e Lucas Germanota, também argentinos. Diego Abal será o quarto arbitro. A bola rola a partir das 21h45 (horário de Brasília).

Veja Mais:

  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik beijou escudo do Corinthians ao ser apresentado

    Sheik faz juras de amor ao Corinthians e relembra jogo na Arena pela Ponte: 'Foi estranho'

    ver detalhes
  • Sheik recebeu camisa das mãos do gerente de futebol Alessandro Nunes

    Acostumado a jogar com camisa 11, Sheik revela ideia 'irada' sobre novo número

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes