Em alta, Felipe brinca sobre apelido e credita sucesso a Tite

Em alta, Felipe brinca sobre apelido e credita sucesso a Tite

Por Meu Timão

Campeão brasileiro como titular, Felipe vive melhor momento na carreira em 2016

Campeão brasileiro como titular, Felipe vive melhor momento na carreira em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O zagueiro Felipe parece ainda não acreditar no rumo de sua recente e promissora carreira. Antes reserva e questionado por parte da torcida corinthiana, o defensor ganhou a confiança do técnico Tite, se firmou como titular e foi convocado pela primeira vez para defender a Seleção Brasileira. Sorridente, o jogador comentou seu bom momento ao canal oficial do Timão no Youtube.

“Cheguei em 2012, vindo do Bragantino, e aí o Tite, um cara fantástico, observador demais, sempre me apoiou. Ele sempre conversava comigo que eu não estava pronto e iria fazer um trabalho. Esse trabalho deu muito certo e é um cara que sempre acreditou no meu trabalho, sempre veio falando que estava crescendo muito e pra eu almejar coisas muito grandes porque eu tinha estrela”, contou Felipe, que concedeu entrevista após a vitória por 1 a 0 sobre o Ituano, sábado passado, na Arena.

Felipe foi chamado por Dunga para a partida entre Brasil e Paraguai, na noite desta terça-feira, às 21h45 (horário de Brasília), no Defensores del Chaco. A convocação do camisa 28 se deu após a suspensão de David Luiz, que recebeu o segundo cartão amarelo nas Eliminatórias Sul-Americanas à Copa de 2018. Sem esconder a felicidade, o corinthiano relatou o momento em que recebeu a notícia.

“Estava dormindo. E aí, quando foi umas 9h20 da manhã, começou a tocar o telefone, o meu estava no vibra e não consegui ver. Ela (esposa) levantou e, por acaso, foi ver meu celular, aí estava a mensagem, ela já me mostrou na hora... Eu não sabia o que fazer. Aos poucos fui respirando, fui vendo que caiu a ficha”, afirmou.

Por fim, o atleta de 26 anos ainda falou sobre o apelido dado pela Fiel: “Sergio Ramos de Itaquera”, em referência ao zagueiro do Real Madrid (ESP) e da seleção espanhola. “Acho muito legal (risos). É um fantástico jogador. Muita gente me chama de Sergio Ramos de Itaquera. Eu aceito normalmente, é uma brincadeira, gosto. Um cara que é pra se espelhar também”, concluiu, em tom bem humorado.

Assista à entrevista do canal oficial do Timão no Youtube com Felipe

Veja Mais:

  • Desfalque diante do Vitória, Pablo está recuperado e deve viajar a Goiânia

    Treino do Corinthians tem rachão com 'morte súbita', 'desafio' a Clayson e disputa de pênaltis

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Para presidente corinthiano, aporte da Crefisa no Palmeiras é 'ponto fora da curva'

    'Desleal', diz Roberto de Andrade sobre apoio da Crefisa ao arquirrival do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes