Corinthians passa sufoco, mas bate Oeste e chega à segunda vitória consecutiva

Com gols de Paulo André e Boquita, mistão do Timão abre 2 a 1 na etapa inicial, sofre na segunda e vence. Roberto Carlos tem atuação tímida
Paulo André comemora o primeiro gol da partida

Paulo André comemora o primeiro gol da partida

Enquanto Ronaldo & Cia permaneceram em treinamento na cidade de Itu, um time repleto de reservas venceu o Oeste por 2 a 1 em Araraquara, neste domingo, e o Corinthians chegou a sete pontos no Campeonato Paulista. O clube alvinegro divide o topo da tabela com Portuguesa e São Caetano, mas fica atrás no saldo de gols.

O zagueiro Paulo André e o meio-campista Boquita, ambos suplentes, marcaram os gols para a equipe de Parque São Jorge. Ricardinho diminuiu para o representante de Itápolis, que figura na zona de rebaixamento, com apenas um ponto.

O goleiro Felipe, o zagueiro Chicão e o lateral-esquerdo Roberto Carlos foram os únicos titulares absolutos em campo. Os demais, casos de Edu, que fez sua estreia na temporada, terá de brigar por uma vaga.

O confronto começou morno, e as duas equipes não demonstraram qualidade para criar jogadas ofensivas.

A bola parada foi a solução para o time da capital abrir o placar. Aos 27min, o goleiro Mauro afastou mal a bola, após cobrança de escanteio. Bill pegou a sobra e chutou torto, mas no meio do caminho o zagueiro Paulo André desviou para o gol.

A partir daí o duelo ficou mais movimentado. Aos 35min, Boquito ampliou a vantagem corintiana. Ele recebeu uma bela assistência de Defederico, avançou nas costas da zaga e bateu na saída de Mauro. A bola ainda bateu no goleiro do Oeste, mas entrou.

A equipe do interior respondeu no minuto seguinte. Fernandinho cruzou na área. Ricardinho ganhou no alto, entre Chicão e Paulo André, e cabeceou sem chances de defesa para Felipe.

“Poderia estar 2 a 0, mas também eles [do Oeste] têm méritos. Precisamos ter cuidado no segundo tempo”, analisou o meio-campista Edu.

Os dois treinadores promoveram modificações durante o intervalo. Mano Menezes sacou Bill para a entrada de Morais. Paulo Comelli mudou o esquema ao colocar mais um zagueiro e adiantar os alas.

O time mandante passou a ter mais domínio de bola, porém sem qualidade para atacar. Aos 17min, a arbitragem anulou corretamente um gol impedido de Fernandinho.

As melhores oportunidades na etapa final foram do Corinthians. Por duas vezes o argentino Defederico parou em Mauro. Aos 45min, o goleiro fez uma boa defesa e evitou um gol de Souza.

Fonte: Globo Esporte

Corinthians passa sufoco, mas bate Oeste e chega à segunda vitória consecutiva Corinthians passa sufoco, mas bate Oeste e chega à segunda vitória consecutiva 0

Veja Mais:

  • Arena Corinthians tem negociação dos NR atrasada há mais de três anos

    Arena Corinthians confirma tentativa de NR, mas expõe falta de garantias de novo patrocinador

    ver detalhes
  • Acertado com Corinthians, Luidy deixará o CRB apenas no fim da temporada

    Valor à vista, salários gradativos e até carro popular: dirigente explica venda de Luidy ao Timão

    ver detalhes
  • Walter vem sendo reserva de Cássio desde 2013, quando chegou ao Corinthians

    Walter volta a negar especulação de rivais, mas cogita ser negociado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians já jogou no estádio de Cuiabá em maio de 2015

    Santa Cruz vende mando, e Corinthians voltará à Arena Pantanal

    ver detalhes

Comente a partida entre Oeste e Corinthians

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes